Sábado, 15 de Agosto de 2015

Confissões, Broncas e Desabafos dos prejudicados pelo governoparcial

Confissões, broncas e desabafos dos mortificados pelo governo parcialista...

Quem são os donos, do dinheiro depositado nos paraísos fiscais, que subjugam os governos Nacionais? Os donos são os corruptos: não há dúvida. Mas o dinheiro escondido – não aplicado - seria dinheiro nulo. Então existe alguma instituição legal que o gerencia?
Se quiserem saber quem  é, assinem já, a petição de –Evelyn Houard —que visa  instituir o: Princípio de Auditoria de Cidadão à Dívida—que, certamente, dará à corrupção o fim que merece.
Quem sabe onde foi aplicado o dinheiro que o povo português deve? ( A parte da dívida da classe média baixa , classe pobre e dos subnutridos) já foi paga com os descontos, mais a negação de direitos: negação que está no emprego mal remunerado, no salário desemprego insuficiente e na falta de atendimento normal à saúde deles . 
A parte já paga que citei, tem que ser abatido à divida: seja lá quem for o credor. E a seguir tem que ser devolvido aos pobres... O que lhes foi roubado a para  aliviar  dívida do governo. Nenhuma dívida inexplicada poderá ser paga por quem não foi beneficiado. . . Depois disso, que se entendam  com os credores; todos que foram beneficiados pela desgraça dos pobres. 
Em ato continuo  esqueçam o Supérfluo e;  tratem de  garantir e ajustar o salário desemprego dos pobres, desprovidos de renda  própria, e dos demais mal remunerados até ao  mínimo indispensável: os outros, só em casos especiais,  por enquanto!  E, também, não demorem a decisão de parar a redução do número de pobres, pelo método conhecido como fome: que mata por dia, aproximadamente, 25 mil;  dos mil milhões de subnutridos do Planeta, Os mortificados gostariam  de saber quantos, da nossa população, fazem parte  dos números citados.
Todos os governantes e gerentes do sistema bancário -ou os donos- tanto do capital sujo como do-- lavado- ou do todo poluído pela  mistura de ambos, habilidosamente fantasiados para enganar os incautos, sabem que a produção de alimentos, produzidos pelo Sol;  é suficiente para alimentar todos os animais que habitam do planeta terra; que é de todos. 
Então,  parem de se empanturrarem com a parte que é dos pobres e devolvam-lha – suavemente- conforme determina o  Plano social proposto pelos excluídos que tem a solução para zerar a fome e o desemprego dos --desprovidos de renda própria —sem prejudicar o capitalismo, Mas  lembrem-se – sempre- que o dinheiro é o sangue da Corporação Social que não pode deixar de passar pelo  bolso de cada pessoa na quantidade certa; para que nenhuma morra por falta do necessário para o desempenho de cada um.
Se acreditarem que está perto o fim da trégua concedida pelo Criador, para acertar a distribuição da produção total, de maneira que garanta para os pobres, pelo menos, o mínimo indispensável; acontecerá o fim da classe escravizada  e a dos excluídos: nessa situação, certamente, todos  aceitarão a consolidação do Plano Social dos excluídos e do princípio de Auditora de Cidadão à Dívida. . Depois podem continuar vivendo regalados... O Criador do Universo-- vai tolerar.

publicado por blopesdarocha às 13:50
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 23 de Dezembro de 2013

Natal de famintos e empanturrados

No  dia em que se comemora o natal do Divino Mestre JESUS, milhares de subnutridos morrerão de  fome enquanto, a quase totalidade de ricos se empanturram de alimentos e ainda esbanjam.

 

 Para zerar a fome e incentivar o crescimento da economia é preciso   investir muito; não só na produção industrial e agrícola, mas principalmente nos salários baixos que, atualizados,  garantem o escoamento da produção que vai impulsionar o comercio, cujo impulso gera empregos, aumento da arrecadação de impostos que são o principal motor do crescimento do PIB.  

Os problemas da economia portuguesa e de outros  em situação semelhante são a estagnação, ou o pior que é a recessão continuada  até os  economistas entenderem  que a aplicação das medidas  (baseadas em sugestões dos desempregados pobres e dos excluídos) são o meio mais eficaz para excluir as pragas citadas que travam o crescimento do PIB

 Não há dúvida de que estas medidas implicam em travar a ação da Troika que cumpre a missão de manter os países endividados para  garantir a existência de credores. 

Também é necessário o rompimento de alguns acordos internacionais que defendem os credores já assustados com o crescimento da reação; não dos Países  pobres, mas da reação do povo pobre de qualquer País.

 Essa reação circunstancial impõe o calote como meio legal que transfere a crise que afeta os pobres, para os ricos ( credores) que a criaram.

Mesmo assim os bancos do (paraíso caixa 2) ainda terão o dinheiro mais que suficiente para criar novos devedores se houver  espaço livre para os corruptos agirem.  

Só há uma solução que  pode salvar os corruptos governantes  e banqueiros paraíso fiscal: solução que consiste  que em tirar os endividados da economia congelada;  devolvendo-lhe o dinheiro que está ilegalmente “aquecido” no vosso paraíso morno com ramificações congelantes.   

Sem essas decisões aplicadas, os Países altamente endividados, não podem permitir a entrada de produtos que não precisam; principalmente os oriundos de Países que se servem de mão de obra escravizada e manobras cambiais. Exceção só em caso de permuta.  

Atualmente os Países são empresas e, como tais  devem ser administradas.

A--OMC e Associação de livre comércio-- tem o mesmo efeito do comércio ilegal e caixa 2. São invenções da equipe econômica que trabalha para os capitalistas usarem com segurança a ditadura capitalista global  apoiada por governos corruptos.

Por isso, cada País tem que ser uma empresa livre de regulamentos globais.

Global só poderá ser um departamento sediado na ONU ao qual, todos os países devem comunicar os excedentes de determinados  produtos e déficit de outros para facilitar as permutas.

Outra agremiação... Global... Deve ser criada com a função de  receber a contribuição para a previdência e seguro sociais: contribuição que será o produto de uma percentagem acrescida ao valor de qualquer aquisição de produtos consumo e restantes  bens duraveis.  Essa arrecadação destina-se ao sistema de saúde e segura social que deve ser melhorado e a  garantia do salario desemprego somente aos  desprovidos de renda própria  complemento  de renda insuficiente.

O desenvolvimento tecnológico, no campo da robótica, cria máquinas que barateiam a produção á custa do desemprego de muitas máquinas humanas. Por isso é preciso pensar seriamente no Plano dos excluídos que é a solução ideal  para garantir o salário   desemprego que anula a necessidade de  migração clandestina.

A contribuição para esse fim: sugerida neste texto é a única salvação que tem em seu bojo a Paz... A Paz depende da  ausência da pobreza e da exclusão social: resumindo... Depende do cumprimento da lei Divina que manda os ricos distribuir a renda para evitar  a morte de milhares de subnutridos em cada dia, sem excluir o dia  natal; dia em  que, a quase totalidade dos ricos, se empanturram de alimento e ainda esbanjam.  

Bernardo LR

publicado por blopesdarocha às 11:05
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 23 de Setembro de 2013

PIB isquêmico

PIB isquêmico

Nunca gostei do modo e termos que o – separatista - A J jardim- usa para classificar os portugueses do continente. Todos: continentais e insulares sabem que o que ele quer, não é o bem do povo; é o seu próprio...apenas.

Mas a verdade que ele  disse no que se segue é inegável. Vejam:

“Corta-se no ordenado das pessoas, corta-se nas pensões, mas os organismos absolutamente dispensáveis continuam a existir neste país e isto é um absurdo o que se está a passar".   É Isso mesmo, o principal entrave ao crescimento do PIB. Mas quando os pobres puderem consumir o mínimo indispensável, certamente,  aumenta  o consumo que gera mais arrecadação de impostos e força o aumento da produção que gera empregos. Por isso o poder aquisitivo dos pobres tem que ser aumentado; começando pela devolução do que lhe foi tirado (roubado; na expressão popular) e - em ato contínuo- o salário mínimo tem que ser; pelo menos, igual ao da Espanha. Tudo que precisa crescer depende de alimento  suficiente e, no caso social; os pobres precisam da vitamina “money” que eleva o crescimento do PIB ate ao ponto  que equilibra a receita e a despesa.  Tudo isto pode não ser suficiente se o governo não investir na produção interna; sem esquecer que combate à corrupção deve ser mais intenso; porque a corrupção, sem dúvida, é a principal causa de todas as desgraças. Bernardo LR. sindicato dos excluidos RZD e no twiter @lopesdarochaber

google

publicado por blopesdarocha às 11:32
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 25 de Junho de 2013

Plano de Lula para zerar a fome e exclusão social e mais......

Texto baseado em confissões broncas e desabafos dos excluidos

----Tem que acabar !-----

O PLANO DOS RICOS, em andamento, que mata (a custo zero)   pelo método fome, aproximadamente, 25000 (vinte e cinco mil) pessoas por dia, mais os mortos pela violência causada pela fome e fraqueza do salário mínimo... nanico: é isso mesmo. nanico.

Os ricos têm que entender que, a solução para colocar os pobres acima da linha da pobreza, está no plano do ex-presidente do Brasil Lula da Silva: plano conhecido como combate á pobreza e exclusão social.

   Insistindo com algumas alterações

A caridade efetiva através de donativo (esmola) nunca foi solução. Donativos, na medida de migalhas; é vista pelos excluídos como forma de humilhação, mas pode resolver .

 Os excluídos sabem que a produção gerada pelo Sol no Planeta Terra é para garantir a todos os animais racionais um pouco mais que o mínimo indispensável. Porém, não podemos esquecer que a temos que a pagar com trabalho  ( suor do rosto). Os demais desempregados involuntários ficam por conta de uma parte das sobras exageradas  dos ricos a ser distribuída  conforme o plano do sindicato dos excluídos programou; se a ajuda através de doação for insuficiente.

 E ainda temos que pensar na parte (produzida pelo Sol e Terra) destinada  a alimentar os irracionais inofensivos e também os predadores de todas as espécies que são indispensáveis para a manutenção do equilíbrio ecológico.

 O donativo (esmola) só poderá ter efeito positivo se o comercio aceitar ser arrecadador da ajuda popular. Todos -os clientes- que têm vontade de ajudar devem concordar com a cobrança de um valor situado entre 0% e 1%  do valor da compra para  zerar  a pobreza e  exclusão social.

Este método de ajuda ´é dirigido á maioria que não confia nas organizações que se propuseram a recolher os donativo. Portanto; (se alguém importante, conhecido como  amigo dos pobres que (neste caso, seria o ex-presidente LULA DA SILVA, autor do programa de combate a fome e exclusão social) convidar o comercio em geral a  aceitar  um programa de computador que registre todas as doações voluntárias –não sujeitas a imposto-  nas notas  da compra dos clientes e as remeter diretamente  para um departamento, a ser criado na Previdência Social, com a finalidade única  de eliminar a pobreza e exclusão social, então, certamente, pela vontade de ajudar e da confiança que todos terão  no novo sistema de arrecadação e no departamento da previdência,  já citado,  podemos estar certos de que montante da arrecadação será  suficiente para realizar o objetivo do programa com êxito garantido.

Tem mais nos meus blogs: http://lopesdarocha.blogs .sapo.pt  --- templodivinodaigrejaracional.blogspot   e meu livro e  sindicato dos excluídos  excluidos RZD

Bernardo L R

 

 

publicado por blopesdarocha às 14:31
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 19 de Abril de 2013

A solução para a crise portuguesa e "global" cista pelos portugueses extorquidos pela Troika

 

Solução para a crise portuguesa e “global” vista pelos  portugueses extorquidos pela troika

Os resultados analisados sob ponto de vista da  maioria da  classe pobre, (desconhecedora das técnicas de administração modernas complicadas e discriminadoras)  são  transparentes e, por isso, fáceis de entender e aplicar sem erro, se considerarmos a frase de  Albert Einsten que diz:  “ para entender simplifique, não mais.  Essa dica de Einsten é o modo natural - para entender- usado pelos não perturbados pelas técnicas modernas  tendenciosas.

As pessoas de qualquer classe, que não são versados  na matemática financeira  tendenciosa, entendem que  o salário mínimo insuficiente, para o pobre viver dignamente, é  causa da recessão que reduze o PIB.

Portanto, fica claro que; para pagamos as dividas que forem justificadas pela (  auditoria dos cidadãos ás dívidas, proposta por Evelyn Morais E Castro)

dependemos  do  crescimento  do poder aquisitivo dos pobres e da imediata suspensão dos cortes, aumento de salários baixos, diminuição dos exagerados e da  devolução dos cortes já feitos.

Podem dizer que é difícil de implantar uma mudança tão drástica como a que o “Sindicato dos excluídos” propõe, mas não é impossível visto que, depende somente da suspensão da divida e pagamento dos juros,  até que  termine a auditoria proposta por EVELYN. Na minha Pagina ( meu livro e   sindicato dos excluídos RZD) tem mais.

publicado por blopesdarocha às 15:34
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2012

Criticar sem sugerir (mesmo que seja uma aparente solução) só complica.

Criticar sem sugerir uma (mesmo aparente solução) só aumenta a desordem.

 

A culpa da crise provocada pelos cortes nos salários e  pensões que geram recessão e conseqüente queda do PIB é mais do silêncio e cobardia dos resignados;  porque a resignação facilita a ação dos corruptos.

 

 A sentença moral que diz: quem se humilha será exaltado e quem se exalta será humilhado não deu certo. O que se vê  atualmente são os humildes desprezados e a atenção dada aos que se exaltam,  

 

A quem te der uma bofetada na numa face da tua cara oferece-lhe a  outra. Essa decisão também não deu certo porque o agressor interpreta essa atitude como provocação.Se não for possível reagir na hora recue  para reagir depois  através dos meios legais existentes.  

 

Alguém escreveu há milhares de anos: Dá alimento  a quem tem fome incluindo a fome e sede  de justiça e entendimento e cumpre também as outras obrigações que se referem a solidariedade.O desprezo dessa máxima também é parte da crise.

 

Ninguém precisa  de curso superior entrar no reino de Deus; Só precisas se livrar da sujeira mental  para passar  pela porta estreita; tão  estreita ou mais que aquela que passaste para entrar no sistema humano. Não esqueças que só podes levar, o dobro,  dos talentos que recebestes. Deus ama os justos: seja qual for o seu grau de instrução.  .  

 

 

publicado por blopesdarocha às 21:11
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 4 de Junho de 2012

O euro veio para ficar e zerar o desemprego começando pela U E

O euro veio para ficar e zerar o desemprego começando pela  U E

O fim do euro como piada ´não assusta, mas na realidade seria um revés que pode gerar guerras, mais fome  e alteraçôes de fronteiras.

A Alemanha vai perder mais uma guerra se não priorizar a solidariedade para negociar a Paz.. Depois de ser destruída na ultima; reergueu-se com a ajuda dos vencedores, mas não se lembra  .Isso é lamentável! A  Alemanha; se tivesse que pagar os prejuízos que causou ainda hoje estaria no fundo do poço. Mas como todos tem culpa relativa, então a melhor solução é –  aprovar na próxima cimeira -- o calote geral -- que não destrói bens materiais nem faz vitimas fatais nem nada que se pareça com a destruição de cidades, fábricas. Rodovias ,ferrovias portos etc e a conseqüente  matança de milhões de pessoas de todas as faixas etárias. Então; se o -G 8- não resolver para evitar o pior, devem  os endividados declarem guerra aos capitalistas destruindo os paióis de cartões de crédito que valem por dinheiro que não existe. Entenda quem poder. Não me refiro os cartões de credito usados pelos pequenos consumidores, que  são garantidos pelo salário .. Nessa guerra ninguém vai morrer num contra ataque dos credores que se deixarem influenciar pelos corruptos.   Será exceção o suicídio de capitalistas inconformados com o seu fim. Adeus credores!  .  Sabemos que existem dívidas inexplicáveis,  que só poderiam ser explicadas pelos corruptos. Esse facto por si só; justifica o calote. Procurem os corruptos que estão em todas as classes sociais....! É tarefa impossível. Não vale a pena tentar.

Bernardo L R

publicado por blopesdarocha às 00:34
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 3 de Junho de 2012

O euro veio para ficar

O fim do euro como piada ´não assusta, mas na realidade será um revés que pode gerar guerras e alteraçôes de fronteiras.

A Alemanha vai perder mais uma guerra se não priorizar a solidariedade para negociar a Paz.. Depois de ser destruída na ultima; reergueu-se com a ajuda dos vencedores, mas não se lembra  .Isso é lamentável! A  Alemanha; se tivesse que pagar os prejuízos que causou ainda hoje estaria no fundo do poço. Mas como todos tem culpa relativa, então a melhor solução é a aprovação do calote geral que não destrói bens materiais nem faz vitimas fatais nem nada que se pareça com a destruição de cidades, fábricas. Rodovias ,ferrovias portos etc e a conseqüente  matança de milhões de pessoas de todas as faixas etárias. Que os endividados declarem guerra aos capitalistas destruindo os paióis de cartões de crédito que valem por dinheiro que não existe. Entenda quem poder. Não me refiro os cartões de credito dos chefes de família que são garantidos pelo salário ou patrimônio.. Ninguém vai morrer por causa do calote.  Será exceção o suicídio de capitalistas inconformados. Sabemos que existem dívidas inexplicáveis ou que só poderiam ser explicadas pelos corruptos. Esse facto por si só; justifica o calote. Procurem os corruptos..... 

publicado por blopesdarocha às 21:13
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 26 de Março de 2012

Paises dependentes

Consolidar uma união de Nações independentes...é  piada! Não há nações independentes! Mas consolidar uma União de Nações dependentes, baseada  no princípio de solidariedade é fácil. No caso da U E, a solução tem que ser encontrada pelos 27. Se esse grupo aceitar sugestões do G20 e de grupos capitalistas - sem Pátria - tudo o que precisa ser melhorado vai piorar. A legalidade das dívidas e complexidade das B V e da ação dos governos paralelos é complicada demais para ser entendida pela classe media baixa e pobre - classe operária.-  as únicas atingidas pela transferência das dividas. Mas as classes citadas vão dar a resposta e pagar as dívidas com as primaveras latentes no subconsciente surrealista. Que se entendam os srs do grupo U E que não pode ter nações humilhadas. Dividam o prejuízo ou o dinheiro voador encalhado e conscientizem-se de que é necessário unificar a previdência e seguro social. 

 

publicado por blopesdarocha às 12:40
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 24 de Março de 2012

Deficit de Inteligência

Não concordo  com a afirmação de que Portugal tem déficit de inteligência. Pode ter déficit de profissionais causado pela migração excessiva que aconteceu pela incapacidade ou corrupção dos governantes. 1º ato de corrupção: aceitar dinheiro da U. E.  para  abandonar a agricultura. 2º ato corrupto:  “Ceder não sei para quem nem a troco de quê” parte da soberania do Mar Português. O Mar continua nosso, mas o peixe...?

O Retângulo também continua nosso, mas a produção está a escapar por entre os dedos.. Em  parte a crise é obra dos Iberistas, financiada pelos Poderosos grupos de capitalistas apátridas, cujo interesse está acima do nacionalismo: esses sim! São realmente  os pais das crises de fome e fartura; devedores e credores com a ajuda da Alemanha que não desistiu de dominar a Europa

 Sem esses grupos capitalistas globalizados não haveria Super credores nem países humilhados com dividas insuportáveis de empréstimos que não produziram obras nem  desenvolvimento visível que as justifique.

A explicação para  as dividas  inventadas por especialistas com a conivência de traidores dos paises  endividados e dinheiro encalhado – está na resposta - processada na mente surrealista, dos pobres de instrução, mas ricos de intuição.

O aprendizado obtido ns escolas de ensino superior; tanto produzem gênios do tipo Bin Lactem como do tipo Gandhy. 

publicado por blopesdarocha às 23:44
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Confissões, Broncas e Des...

. Natal de famintos e empan...

. PIB isquêmico

. Plano de Lula para zerar ...

. A solução para a crise po...

. Criticar sem sugerir (mes...

. O euro veio para ficar e ...

. O euro veio para ficar

. Paises dependentes

. Deficit de Inteligência

.arquivos

. Agosto 2015

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Junho 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Novembro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds