Domingo, 29 de Janeiro de 2006

Foro social mundial

Foro social mundial ... ou folclore!
A desigualdade social está em debate em Caracas, -termina hoje - da mesma forma que foi debatida em muitas outras cidades, sempre em cima da convicção de que um mundo melhor é possível para os pobres e excluídos, pois o belo mundo dos ricos já está criado e consolidado há muito tempo. Em todos os debates, nesse foro, com certeza, estão todos que podem comparecer para ajudar na construção de um mundo mais justo. . Provavelmente vão chegar a conclusões que teoricamente estão certas. Porém a teoria mostra mas não resolve. É preciso agir . A ação só com palavras pode até convencer, mas não vai mudar nada porque a mudança implica em tirar dos ricos; tirar dos ricos é muito difícil, mesmo eles sabendo que a colaboração será o melhor para as partes. . Não será preciso eliminar a classe rica para fazer desaparecer a miséria e a exclusão social. A desigualdade vai continuar no lugar da igualdade; a igualdade é impossível porque incorre em muitas mudanças de hábitos . Mas, acabar com a exclusão social é até fácil. Basta garantir um salário que cubra o custo do mínimo indispensável a todos os desempregados e deficientes mais salário família para os filhos menores. Essa medida possibilita aumentar a arrecadação porque será o fim do comercio ilegal. . Com o salário garantido ninguém precisa praticar o comercio ilegal (campeão de sonegação e pirataria) nos espaços públicos ou escondidos em casa. Segundo o plano dos excluídos a contribuição para o social deve ser acrescentada ás compras e serviços para que todos ,honestos e desonestos, contribuam durante a vida , É a única maneira legal de devolver aos pobres tudo que a ganância roubou deles. É a contribuição proporcional ao poder aquisitivo sem direito a aposentadoria proporcional. É um acerto de contas.
bernardolopes@superig.com.
publicado por blopesdarocha às 16:00
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 27 de Janeiro de 2006

Cuidado com o desemprego

Em estudo centro de distribuição de produtos brasileiros em Portugal
[ 10-Dec-2005 - 20:29 ] do jornal- noticias lusófonas-

O presidente da Agência de Promoção de Exportações e Investimentos do Brasil visita na próxima semana Setúbal, uma das cidades mais cotadas para acolher o centro de distribuição de produtos brasileiros na Península Ibérica, revelou fonte governamental.

Um Posto de distribuição de produtos brasileiros na península ibérica é o que o Brasil quer criar na cidade portuguesa de Setúbal. É sem dúvida um projeto ambicioso favorável ao Brasil. É como se o Brasil pudesse dispor do espaço português como sendo parte do território brasileiro. Será que esse espaço receberia os produtos como produtos importados?. Ou a intenção será tributá-los a partir desse ponto de venda? Não poderá ser por consignação! Território estrangeiro dentro de outro País só pode ser residência de embaixador
Cada empresa brasileira deverá negociar com as empresas de cada País e vice- versa O entreposto a ser criado pelo Brasil em Portugal poderá tornar-se um concorrente das empresas ibéricas que certamente sairão prejudicadas assim como o fisco, porque um entreposto nesse conforme dá a impressão território brasileiro encravado na península Ibérica. Sr, presidente da República, cuidado com o desemprego de portugueses em seu próprio território; desemprego causado por substituição.
bernardolopes@superig.com.br
publicado por blopesdarocha às 15:45
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Janeiro de 2006

O nome dele agora é;. O presidente da República

Não importa o nome do candidato. O nome dele agora é o Presidente da República.
O presidente da República é responsável pela integridade do país e pela segurança . Sendo o responsável pela segurança deve ter garantido na constituição poderes que poderá usar para impedir ações do governo que ponham em perigo a segurança e estabilidade. O presidente tem a obrigação de analisar juntamente com os órgãos competentes tudo que lhe parece inconveniente para o povo. Inconveniências que podem ser favorecimento de pessoas ou grupos que tragam prejuízo para o social. Também pode mandar mensagens para a assembléia e a assembléia tem que levar ao conhecimento do presidente, através do Primeiro Ministro, tudo o que pretende aprovar. O presidente tem que analisar mesmo, para não correr o risco de ser taxado de conivente nos possíveis erros do legislativo.
Essa comunicação obrigatória prova que o presidente tem responsabilidade nas decisões da Assembléia: sendo responsável tem poder de veto.
O presidente da República, não tem nada de simbólico .O presidente, juntamente com os órgãos subordinados ao seu poder, tem que agir como auditor, o tempo todo, tanto nos casos de obras faraônicas como na venda de empresas para estrangeiros que as compram com a finalidade de fechá-las para eliminar concorrência, pouco se importando com o desemprego dos nossos trabalhadores
O presidente da república é o chefe da empresa – Portugal S A – e o primeiro ministro é o gerente; os deputados são subgerentes que podem dar sugestões que garantam lucros para os acionistas. .
Nenhum acionista é majoritário . O presidente da empresa e o gerente são os responsáveis pela empresa e por isso devem agir de acordo. Se houver desentendimento entre o dois, poderá resultar em prejuízo para os acionistas que querem ver, através da transparência da gestão, quem age de má Fé.
O prof. Cavaco Silva é o novo presidente. Ninguém pode dizer que ele é incompetente visto que nos últimos dez anos ninguém mostrou ser melhor que ele. Acusam-no de falar pouco e de não mostrar um projeto
Alguém já disse que é melhor usar 70% do tempo disponível a escutar; 20% a escrever e 10 % a falar. Eu concordo ..
Talvez, O Presidente ,ache melhor agir com a melhor maneira de se defender das tempestades econômicas.e temperatura das corporações administrativas na hora em que começa a batalha.
É quase impossível se garantir com medidas preventivas numa época em tudo pode acontecer inesperadamente..
Com o resultado da eleição deve terminar a oposição para dar lugar á cooperação. Se não existir centro não existirá nem esquerda nem direita. O opositor pode estar em qualquer da partes . Espero que o novo presidente considere mais importante o caso de Olivença que o bom relacionamento com o País vizinho. Amigos, amigos mas, negócios á parte,

bernardolopes@superig.com.br
publicado por blopesdarocha às 12:47
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2006

Eleições para Presidente

Domingo, 22/01/06 é o dia marcado para eleger o novo presidente. Se a escolha acontecer na primeira volta será ótimo por mostrar que há união da maioria.
Penso que aqueles que já exerceram o poder , têm a experiência que pode ajudar. Seria uma tremenda idiotice repetir erros.
Tudo que precisamos para elevar Portugal ao nível já alcançado pelos mais adiantados da Europa é a união dos pequenos para combater a corrupção que nos mantém distanciados dos melhores.
Creio que a maioria já entendeu isso. Precisamos eleger quem sabe o que Portugal precisa e principalmente o que não precisa.
Não precisamos de ferrovias para comboios de alta velocidade. Combóio não é avião. Precisamos de comboios e navios para transportar cargas pesadas
O transporte barato fará baixar o preço dos produtos.
É imprescindível a criação de um programa que facilite a volta ao interior, da maioria das pessoas que saíram por falta de assistência. . .
Com certeza, o custo para manter as pessoas no campo, é inferior aos gastos com problemas causados pelo excesso de desempregados e migrantes que incham os grandes centros urbanos
É solução para os problemas de muitos, reconstruir as vias antigas – caminhos - que levavam ás casas e terrenos de cultivo que estão abandonadas
Afinal, esta claro que, a pessoa que tem um salário mínimo,.mais uma casa e um terreno, jamais abandonaria o seu lugar de nascimento para viver, sem conforto e sem espaço, numa cidade grande, excessivamente lotada.
A superlotação facilita o crescimento do comercio ilegal, pirataria, trafico de drogas e prostituição e as conseqüentes doenças.
Investir no interior, para atrair os imigrados, é melhor e mais barato que gastar em aparatos policiais para impedir o comercio ilegal e outros procedimentos que lesam o fisco em tanto quanto seria necessário para restabelecer a normalidade no interior do País.
bernardolopes@superig.com.br
publicado por blopesdarocha às 23:23
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2006

Espanhóis

Espanhóis
Eu jamais direi algo que ofenda o governo madrileno depois da reintegração de Olivença ao território português. Porém, antes da devolução, farei o que for possível contra o governo madrileno, sem ofender as nações Ibéricas, Devolvam Olivença para terem o apoio dos portugueses , na consolidação da união espanhola, conforme o desejo do governo de Madri, que afastou o fantasma castelhano.ou o reduziu a 160 quilômetros quadrados
Eu gosto de opinar sobre tudo o que se apresenta no jornal de Olivença com a finalidade de ajudar o governo português, a recuperar esse território que nos foi tirado. Essa Olivença ,terra portuguesa, colonizada por Espanha, ou melhor, Castela, porque, na península Ibérica, não é só Olivença que é colonizada!. Essa Espanha, que é somente a Castela, agora está reduzida a uma área de 160 K2, para dar a impressão de que Castela é subordinada a Madri, como as demais regiões autônomas. Madri apagou Castela e abafou o idioma castelhano com pseudônimo – Espanha. Isso não é problema para os portugueses. .Um território de 160 k2 apenas, é melhor para convencer os inimigos de que não se trata do estado Castelhano colonizador. A área madrilena é aparentemente a compactação de todas a regiões autônomas. Essa compactação dá a impressão de união. Realmente é uma união de lideres que ali estão presentes para manter encadeadas as autonomias com elos forjados, muito resistentes. Para os portugueses, pouco importa saber como a Espanha se mantém Nós queremos Olivença ,com ou sem oliventinos.. Depois queremos que prevaleça a amizade e cooperação, entre todo o povo Ibérico.
bernardolopes@superig.com.br
publicado por blopesdarocha às 23:52
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 14 de Janeiro de 2006

Preciso de uma música

Preciso de uma Música
OLIVENÇA
Olivença terra colonizada / Com Fé, reaja, olhe e vença /
E assim serás libertada / Não percas a esperança //

Nós somos realmente lusitanos.

Nós, lusos, não te esquecemos / Sentimos a tua separação /
Por isso lutamos pois queremos / Juntar-te ao povo da tua nação //

Nós somos realmente Lusitanos

Os estremenhos eram lusitanos / Nos tempos do herói Viriato/
Voltem com os oliventinos / Vamos unir a Lusitânia com solene ato //

Nós somos realmente Lusitanos

Parte da galiza é terra lusitana / Mas ainda faltam duas partes /
Estremadura e a galiza castelhana / São também terra alentejana //

Nós somos realmente Lusitanos

Galiza , Alentejo e Algarve / Entre vós está a terra lusa /
Que para vós não é entrave / Vem para nós também, ó terra Andaluza //

Nós somos realmente Lusitanos

Lusitanos; nação unida na verdade

Autor Bernardo Lopes da Rocha
bernardolopes@superig.com.br
publicado por blopesdarocha às 22:41
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 12 de Janeiro de 2006

Aeroporto da OTA

Aeroporto da OTA
Tanto OTA como os comboios de alta velocidade não são prioridade.
É certo pensar que, a aviação comercial vai crescer mais ; o constante crescimento nessa área, não deixa dúvida. . A aviação civil vem tirando passageiros do transporte coletivo rodoviário e ferroviário e pelo visto vai continuar crescendo e liderando. Viajar de avião é menos perigoso e tem a vantagem de não interromper as linhas em caso de acidente. Os outros meios de transporte terrestre podem bloquear a passagem de todos os coletivos que usam o mesmo via. O combóio de alta velocidade é perigo precisamente por causa da alta velocidade e por ser mais visado como alvo de ataques terroristas que agem com a finalidade de destruir. Transporte rápido é coisa para avião que é sustentado pela própria velocidade. Transporte ferroviário é bom para transportar mercadorias . Como transportador de passageiros vai ter o mesmo fim do transporte de passageiros por navio. Comboios e navios são bons para transportar cargas pesadas. Investir nesse meio de transporte, para passageiros é jogar dinheiro fora : dinheiro que vai faltar para investir em segurança social e educação
Todas estas vantagens do avião , não justificam a construção do aeroporto da OTA.
Não justificam porque é impossível prever o futuro do transporte aéreo por causa das convulsões sociais e da facilidade de comunicação pela Internet com vídeo câmara que facilita conferenciar sem a presença física dos conferencistas . Não há mais tanta necessidade de viajar a negócios. . Crescimento dos meios de transporte só continuará se houver crescimento do turismo que continuará a crescer se for possível garantir a segurança pessoal dos turistas. Também não será necessário o aumento das áreas de pouso. O desenvolvimento tecnológico vai possibilitar o pouso e decolagem em áreas menores. É melhor investir no interior com a finalidade de evitar o êxodo que causou o crescimento de grandes aglomerações em moradias impróprias para os humanos viver com condições higiênicas exigidas por lei. O investimento no interior reduzirá o excesso de migração que incha as cidades e sobrecarrega o transporte de longa distância.
bernardolopes@superig.com.br
publicado por blopesdarocha às 14:33
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 8 de Janeiro de 2006

Eleições para Presidente

Vamos eleger o Novo Presidente
Nas eleições presidenciais a realizar em 22/01/06. parece certa a vitória de Cavaco Silva. Espero esse acontecimento. Eu estou fora de Portugal há muitos anos; vivo no Brasil, daqui mesmo, acompanho tudo o que posso pela Internet.
Leio jornais portugueses para estar informado, principalmente sobre o desenrolar da campanha, economia, perspectivas de desenvolvimento e estado de ânimo dos portugueses.
Não me deixa tranqüilo o que vejo e leio. O que me dá alguma tranqüilidade é a fé dos muitos que protestam, por não verem nos programas e propostas dos candidatos, nada que mostre soluções concretas.
O País vizinho é um concorrente e, por isso mesmo, em todas as transações locais e internacionais, não podemos vender mais caro nem embutir impostos maiores na produção nem no varejo, que eles.
A União Européia não facilita o governo dos membros. A União Européia è uma família de irmãos que, como os irmãos de uma família comum, podem, não ser solidários. Amigos, amigos mas negócios á parte; é um ditado certo. Vejo, através dos jornais, que o interior de Portugal está se esvaziando . Isso e ruim! O próximo presidente deve influir, o quanto possa como observador do Governo, no sentido de forçá-lo a solucionar os problemas do interior do país
Não é necessária a criação de um departamento, mas é preciso verificar a venda de terras e empresas estratégicas a estrangeiros principalmente se o estrangeiro for o país vizinho Se for necessário intervir, o Presidente sabe quem deve convocar para isso, no caso do primeiro ministro deixar correr por inobservância. O vizinho que subtraiu o nosso território não é amigo! Queremos a devolução de Olivença, com ou sem oliventinos. Depois podemos negociar com tranqüilidade.
benardolopes@superig.com.b
publicado por blopesdarocha às 20:32
link do post | comentar | favorito
|

autodeterminação

Autodeterminação.
Os povos têm direito á autodeterminação. Concordo com esse direito: afinal ninguém pode ser colonizado.
Parece-me que no caso português , todos os habitantes de Portugal continental , arquipélago dos Açores e arquipélago da Madeira, são um único povo; portanto é um povo já determinado. Nessa situação, é impossível justificar o direito á autodeterminação de qualquer parcela do território Português.
O separatismo, com a capa da autodeterminação, para os habitantes de uma localidade, que são parte de um povo, é pura provocação.
Nota-se na cara a ambição e ânsia do Dr A J Jardim, quando fala de autodeterminação do povo madeirense: fica tão ansioso que parece tentar convencer os madeirenses de que precisam de um tutor. Ele nem percebe as suas pretensões não tem apoio nem base. .
. Portugal continental e insular, não tem culturas nem etnias diferentes; as diferenças existentes são costumes que se notam até em localidades próximas.
Os casos de autodeterminação exigidos com base em desenvolvimento superior – maior renda per capita- é uma tremenda injustiça, que deve ser considerada crime, porque não passa de discriminação.
Têm direito à autodeterminação alguns povos- nações- que querem livrar-se do dominador de língua e cultura diferentes Existem muitos povos -nações- no mundo, com direito a autodeterminação, incluindo a península Ibérica, onde só existem dois povos determinados: Castela. e Portugal quase todo ...... falta Olivença.
Sr Prof.Cavaco Silva, Olivença é mais importante que o relacionamento com a Espanha e o arquipélago da madeira precisa livrar-se do falso Jardim
Considero o senhor, professor Cavaco Silva, a pessoa mais hábil para resolver esses problemas e mostrar que a economia portuguesa, não depende da Espanha. Eu gosto de todas as nações Ibéricas subordinadas a Madrid; Castela.
bernardolopes@superig.com.br
publicado por blopesdarocha às 11:33
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Reforçando o combate à co...

. Espaço Sideral

. Confissões, Broncas e Des...

. Natal de famintos e empan...

. PIB isquêmico

. Plano de Lula para zerar ...

. A solução para a crise po...

. Criticar sem sugerir (mes...

. O euro veio para ficar e ...

. O euro veio para ficar

.arquivos

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Agosto 2015

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Junho 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Novembro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds