Quinta-feira, 31 de Julho de 2008

BIG BANG visto no surrealismo

 

 
Resumo da Bíblia da Igreja Católica e BIG BANG, criado na esfera do surrealismo. .
Não consigo imaginar o Big-Bang como um ovo, cheio de tudo, que explodiu para liberar    toda a matéria necessária para construir o universo que podemos ver e sentir..
 Só posso ver, na esfera do surrealismo, uma construção interminável acionada por explosões  controladas em todo o espaço que parecia um vazio destinado a construções e, por isso, eu penso que:
O nada  que é o antes de tudo,.  pode ser entendido como a fonte inesgotável da energia  que envolve o Universo que vemos e imaginamos. O Nada é o eterno invisível aos nossos olhos: é a essência de Deus que, de Si mesmo, criou os átomos que usou para construir o universo material visível.
As galáxias são conjuntos de sistemas solares.
 A imaginação surrealista  leva-me a crer que não há estrelas solitárias, pois imagino, cada estrela, como centro de um sistema planetário.
O Deus poderoso e invencível escolheu o sistema solar para criar o reino animal mais tudo que é necessário para garantir a sua existência e multiplicação. Portanto tudo que vemos e sentimos é feito de Deus.
Na esfera do surrealismo é possível entender que o ser humano, último animal a ser criado, tem algo mais que os outros.
 A espécie humana tem dentro de seu crânio um cérebro que contém as cópias de tudo que existe no Cosmos e, mais uma mente consciente livre, que nos pode levar ao sucesso que é o cumprimento do propósito para ao qual fomos criados,.ou ao fracasso, pelo resultado do mau uso da livre  escolha.
Somos livres para imaginar, construir, destruir e modificar. Podemos escolher voltar ao pó ou viver eternamente no reino espiritual de Deus. Por isso eu penso que:
 
Não queiras mais do que precisas / Nem menos do que te pertence / Porque o excesso é sobre carga / E a carência è Deus quem sente.
 
A velocidade da luz – marcha lenta do Universo - é razoável para viajar dentro de um sistema solar, mas demasiadamente lenta para ser usada na exploração de uma galáxia. Então, para compensar a inutilidade da velocidade da luz na exploração do universo, Deus colocou dentro do crânio, uma miniatura do cosmos, no qual, podemos viajar e explorar  qualquer parte do universo na tela imaginária da nossa mente. E então eu penso que:
 
 Estou entre o eterno passado e o porvir / Preso em meu corpo e agarrado á razão / Para entender, participar e sentir / A alegria divinal da eterna explosão./.
 
Na esfera do surrealismo, qualquer humano, em sua mente consciente livre, percebe que vive e mora gratuitamente  num templo- corpo humano – onde Deus habita para sentir  o que nós sentimos e nos lembra que para estarmos sintonizados Nele teremos de lembrar uma exigência que é;  :
 
Ama o Deus do Universo  sobre todas as tuas criações  e o próximo como a ti  mesmo.
 
O humano que não quis  trabalhar em parceria com Deus, traçou seu próprio destino que é voltar ao pó do qual veio. Do Pó vieste e ao Pó voltarás. Pó, sinônimo da matéria da Terra.. A frase significa que, aqueles que, durante o tempo de vida física, ocuparam com ganância, mentira egoísmo o Vazio que devia estar ocupado pelo Espírito do Universo,. esqueceram que,  a devolução dos talentos em dobro, é o preço a pagar pelo contrato de admissão ao  reino do Espírito que rege o Universo.
 
Se a terra é divina, então o excluído do reino do espírito continuará com Deus, mas  na forma de pó. Nessa volta, em estado consciente, terá que gastar o mesmo tempo que gastou na construção dos malefícios, para entregar o pó, em seu estado puro;  Será um tempo de sofrimento naquela oficina  que a igreja chama de inferno.
 
 No fim do trabalho árduo, nada restará para lembrar que o pó devolvido, já foi um ser humano, e: por isso eu não posso esquecer que:   
 
Sou um espírito que domina um universo / Que me foi dado para nele evoluir / É o complexo e completo cérebro humano / Onde eu posso me agigantar ou destruir/.
 
Se não quero me destruir terei que trabalhar em parceria com Deus: com ELE tenho a certeza que tudo será construído em solo firme; sem Ele, ou com o mau uso dos talentos que recebi.,só encontrarei areia movediça para fundar as minhas criações..
 
 Tudo o que Deus fez, para ser usado pelos humanos contém o manual de instrução que pode ser facilmente entendido se for interpretado com amor; .por isso eu penso que o amor é o fundamento da Fé
 
 Mas uma pequena parte de humanos, que receberam mais talentos, alteraram os originais com introdução de egoísmo, mentira  e ganância. Essa mistura gerou a exclusão social e demais maleficios que alteraram o meio ambiente. Também inventaram e introduziram nas religiões, algumas facções, causadoras de Guerras e desequilíbrio social; facções que ainda são presididas por deuses de divindade duvidosa..
 
Esses que estão com os mestres; senhores do capital, criaram uma área onde confinam os subnutridos para ficarem com a parte dos produtos destinados aos pobres;  produtos gerados pelo -casal- Sol e Terra - produção que é destinada a todos do sistema animal.
Quem poderá avisar os capitalistas corruptos de que as oficinas do Inferno os esperam para limpar, em altas temperaturas. Pó que poluíram?.. Por isso eu não quero nem fazer pichações.
 
Ainda é possível estabelecer a linha de comunicação com o Pai, com o Filho e com o Espírito Santo. A comunicação com a Trindade nunca foi cortada porque é nela que nos movemos.
Não há meios que nos possibilitem sair dessa Trindade nem expulsá-la de nós. Não é possílvel porque o nosso Pai é a matéria e energia do sistema solar. O Espírito Santo é a energia que dirige e sustenta todas as galáxias e tudo que elas contem.. O Filho Unigênito é aquele humano que consegue ser Justo. No sentido de justo, pode ser que alguns Humanos possam ser considerados unigênitos de Deus assim como Jesus Cristo é considerado pelos cristãos que crêem que Ele é Senhor que responde pela dimensão Humana.
Bernardo Lopes da Rocha    .
. .
 
 
 
 
 
 
      
publicado por blopesdarocha às 17:30
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 20 de Julho de 2008

Inflação gorda x saloario minimo subnutrido



A inflação gorda x salário mínimo subnutrido.
Precisamos de medidas que batam de frente na inflação. Controle remoto não resolve.
O salário corroído retrai o consumo e o crescimento do PIB. Esse fenômeno que é só aparente visto que seu processamento é efeito de manobras visíveis, pode ser evitado por um processo parecido com algumas regras de transito, sendo a mão e contramão a mais adaptável á inflação e salário mínimo.
A inflação movimenta-se num circulo que é percorrido a cada trinta dias.
No mesmo circulo, no mesmo sentido e ao lado da inflação, o salário vai sendo sugado e assim a inflação engorda e o salário emagrece.
Para que esse efeito negativo não aconteça, o salário mínimo terá que girar em sentido contrário e na contramão, para que, ao completar cada volta, se choque com a inflação e tome dela todo o que sugou de outros salários regulados pelos controladores da ciranda financeira.
Se, no citado percurso, a inflação engordou 10% vai perdê-los para o salário mínimo que continuará a engordar no final de cada volta, até atingir o poder aquisitivo capaz de comprar tudo que é indispensável para que, quem vive dele, viva dignamente.
Parece menor aumento dos preços dos produtos consumidos pelos ricos, se comparado com os produtos consumidos pelos pobres – os alimentos-, o pobre não pode comprar supérfluos. Se for realmente menor a inflação dos supérfluos, então essa diferença deve ser acrescentada ao salário mínimo. O presidente Lula vem concedendo aumento maior que a inflação para quem recebe somente o mínimo. Essa medida parece injusta, mas é legal porque beneficia os mais pobres sem prejudicar quem recebe mais. Se a lei proíbe pagar menos que o mínimo, então, os que ganham mais nunca serão ultrapassados porque, ao salário deles, será acrescentado mais o percentual da inflação calculado pelo órgão competente. Desse modo vai sendo ajustada a distribuição da renda que na atualidade é um disparate. Quando atingido o valor legal do mínimo estaremos no nível que possibilita dar percentual de aumento igual para todos. Esse processo visa a cura da isquemia monetária que enfraquece os trabalhadores obreiros que fazem a parte pesada na construção do Brasil
Bernardo Lopes da Rocha           Berlopes
 

publicado por blopesdarocha às 22:55
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 19 de Julho de 2008

Noticiário imparcial da mídia

 

O noticiário. Imparcial da mídia
Na atualidade, aqui no Rio de janeiro e, provavelmente em todas as grandes cidades do mundo, as pessoas que dispõe de tempo livre, ligam a televisão, rádio, compram jornais e também consultam endereços eletrônicos de pesquisa para saber o que acontece e o que aconteceu antes. Escutam e vêem nesses meios de comunicação tudo que precisam para fazer comparações e previsões.
Fazendo comparações, vemos que os mais perturbadores são os assaltantes, em qualquer lugar. No transito, o perigo está no comportamento dos motoristas alcoolizados e nos dependentes de tóxicos; também nos corruptos que certamente são parte da mesma súcia.
Quando queremos saber quantos morreram e quem mata mais concluímos que, as guerras clássicas, não estão mais entre os primeiros que citei.
Os confrontos. em guerras não declaradas, que envolvem a policia e o crime organizado, com maior influencia dos traficantes de tóxicos, contrabando e pirataria, já suplantaram as guerras entre Países, mesmo sem dependeram de couraçados, aviões supersônicos nem de tanques.
A guerra clássica está fora da moda.
Agora a moda é guerra soft que é melhor para matar mais sem destruir muito do patrimônio; é a guerra parasitária que usa até plataformas do governo – dito legal- e por isso é uma guerra de baixo custo por não depender de infra-estrutura totalmente própria nem depender de profissionais altamente qualificados, nem do fardamento que os identificaria e, também ,por ter á disposição, dentro , da grande massa de desempregados e excluídos, todo o material humano, de qualquer idade, para completar os seus efetivos de ataque e defesa. .
As guerras mundiais não são mais aqueles confrontos ente Países.
As guerras da atualidade são nacionais disputadas em todos os Países, entre famílias, como no principio, e, mesmo numa família, sendo, atualmente mais acirradas entre as máfias, torcidas organizadas e disputa pontos de venda, de negócios ilegais lucrativos ou domínio de qualquer coisa grande ou pequena como; suposta defesa individual e também das máfias de comercio, industria agricultura, partidos políticos, religiões onde impera a ganância causadora da desnutrição que mata mais que todos os tipos de guerras em que é usado material bélico...
As bombas atômicas - não assustam mais; pelo menos, enquanto não chegarem ao domínio de terroristas fanáticos.
O policial militar – único visível na guerra soft-, torna-se um alvo fácil porque trabalha fardado. Acertar um bandido, sem risco de atingir um inocente, é mais difícil. O Marginal não hesita em usar o inocente como escudo. O policial não pratica tal cobardia. O marginal pode ficar de tocaia ou se disfarçar no meio do povo, enquanto, o policial fardado não pode se valer de tal disfarce e, por isso, ao ser surpreendido tem apenas uma fração de segundo para tomar uma decisão certa que, nesse caso, pode sair errada. O marginal não precisa se preocupar com a segurança de inocentes; o policial tem essa preocupação, mas nos casos de surpresa não tem tempo para analisar.
Nunca será possível diminuir a criminalidade com a ação de policiais super treinados para não errar o alvo em cidades super povoadas.
Os marginais; guerrilheiros ou terroristas, dificilmente serão derrotados., considerando a ineficácia dos exércitos clássicos contra esse tipo de inimigo.
Os americanos foram incapazes de derrotá-los no Vietnã e no Iraque; Então fica claro que os guerrilheiros que atuam na Faixa de Gaza jamais serão derrotados.
.. Só mesmo a distribuição justa da renda poderá detê-los.
A distribuição justa da renda - via salário - pode zerar o desemprego e a exclusão social. A extinção do desemprego e da exclusão social será o fim da classe fornecedora de recrutas para as milícias ilegais . Certamente a distribuição da renda, não eliminará totalmente a violência por que o egoísmo, a ganância e o maligno só podem ser eliminados pelos próprios possuidores desses males. Mas não há dúvida de que a extinção da classe dos excluídos é um duro golpe no dorso dos amigos da desordem e da violência.
O Sol e a Terra produzem tudo que o reino animal precisa e, portanto, só a divisão justa dessa produção pode produzir a harmonia que gera a Paz.
Então, para encontrarmos o Caminha da Verdade e da Vida, vamos orar e meditar no templo da Igreja Racional que é o -Cérebro Humano - que tem em Si o Universo completo: Nele podemos encontrar todas as soluções que procuramos.
Bernardo L R.
 

publicado por blopesdarocha às 15:54
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 12 de Julho de 2008

A China e a imigração

A China e a imigração Parece que os europeus e americanos do norte e do sul estão perplexos, com o crescimento chinês e com o deslocamento legal e ilegal de africanos para a U E. O que está acontecendo é um fenômeno igual a outros que aconteceram nos países com excesso de população ou crises provocadas por outros motivos, em todas as épocas. . . Daqui a dez anos encontraremos chineses agindo em todo o mundo ou simplesmente mudando de endereço. É conseqüência do excesso de população. O excesso de população na Europa obrigou uma parte a se mudarem para terras mais ricas e menos povoadas: é por isso que hoje podemos encontrar muitos europeus em todos os Paises. Também podemos ver muitos africanos nos países das Américas, principalmente. Os africanos de pele negra foram obrigados a se mudarem. Eles não saíram da África para invadir nem para explorar; não é um caso igual ao dos europeus. A sua terra e eles mesmos foram explorados, e nela mesmo foram escravizados, agredidos e mal tratados como todos os que foram transferidos para outras terras, por exploradores preconceituosos. Houve hediondez. Atualmente, o mínimo que os europeus podem fazer por eles é respeitá-los e ajudá-los com dignidade no mundo todo e, principalmente, na Europa ocidental. Os problemas dos séculos passados eram os mesmos deste século, mas não podiam ser resolvidos tão facilmente como na atualidade , pois não há duvida de que, o avanço, em todos os ramos da engenharia e administração, facilitam o entendimento com a rapidez que não era possível naquele tempo Na atualidade, é do conhecimento geral que, o preconceito, a Ganância e o egoísmo estão condenados: O esquecimento ou exclusão desses malefícios facilita o entendimento para chegarmos a uma justa distribuição da renda. A distribuição que não garante o mínimo indispensável sempre gerou e continua a gerar o desentendimento que matou muitos milhões de humanos, de todas as cores e culturas, com todos os tipos de armas, mas a desnutrição foi, e ainda é, a principal destruidora de vidas humanas. Para manter o equilíbrio, que ainda balança, seria bom que a Rússia e outros paises europeus fossem todos parte da U E, Todos os países europeus guerrearam entre si por causa do Egoísmo, ganância e preconceito religioso. Esse mal não existe mais. Agora só queremos que seja religioso quem quiser ser, mas que se mantenha na sua sem querer impô-la aos outros: Que seja respeitado o direito de livre escolha. A Rússia tem pouca população e muita terra, portanto Rússia e a U E unidos se completariam beneficiando assim todos os europeus. Essa união seria um grande passo positivo para o equilíbrio da família humana que levaria todos a se esforçarem na limpeza do nosso lar coletivo. As conseqüências desse esforço seriam a volta ao equilíbrio ecológico que mantém o meio ambiente limpo. Mesmo com vontade política, as medidas expostas, ainda não seriam suficientes,. .Para que as medidas expostas tenham efeito positivo, seria preciso criar um fórum permanente na sede da ONU ( talvez seja melhor situá-lo numa ex colônia situada no continente africano) com a finalidade de controlar o imigração. Considerando a densidade da população de cada País podemos ver que a U E, China, a Índia e mais alguns paises países asiáticos, não tem espaço disponível para receber imigrantes. Podem até receber, mas somente de acordo com o tipo de mão de obra que o país precisa. Por isso eu insisto, como que reza,. na esperança de sensibilizar alguém, com poder de influencia, que leve os responsáveis pela administração de cada país, a verificar matematicamente a possibílidade de pagar a cada desnutrido, um salário desemprego com acréscimo de um terço para cada dependente menor de idade. Se conseguirem, terão zerado a fome e a exclusão social. A fonte pagadora terá que ser um acréscimo de 10% em toda a prestação de serviços e vendas ao consumidor final. Essa contribuição substituirá a contribuição social de todas as empresas e empregados para baratear a produção e facilitar a admissão de empregados. Esse sistema de cobrança, para a previdência social, atinge todos: ricos e pobres legais e ilegais porque todos são consumidores. É uma cobrança justa por ser proporcional ao poder aquisitivo.. Sei que a insistência pode aborrecer, mas não posso deixar de insistir como que reza o- Pai Nosso- todos os dias.. Bernardo Lopes da Rocha
publicado por blopesdarocha às 21:07
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 5 de Julho de 2008

Desigulade na U E

 

 

Desigualdade na U E

A desigualdade na união européia não é um fenômeno. Alguns países a comunidade ainda está muito ligados a sistemas antigos que influem na produção por  causa de certas  preferências dos consumidores. Em parte, também pode ser a dificuldade de aceitar o modernismo; cuja aceitação demanda tempo. O tempo se encarrega de nivelar o bem estar social em toda a comunidade. A  comunidade Européia está ainda em formação.  Para que não haja deslizes que possam ser aproveitados por oportunistas amantes da desordem, será de bom senso, não pensar  em criar um país como os Estados Unidos da América, A  formação do País- Estados Unidos- deu certo porque não foi feita em cima de Países de nacionalismo consolidado.  A  União soviética  não deu certo porque os nacionalistas viam essa adesão como perda da independência .   A, União Européia  não terá esse tipo de problema se continuar sendo uma união de povos independentes.  Porém duas grandes alterações devem ser feitas para que fique visível a independência de cada membro. Primeira  alteração: deve ser a unificação da previdência social. Para consegui-la é preciso que a contribuição para a previdência social deixe de ser paga por empregadores e empregados para ser cobrada de todos os consumidores juntamente com a  compra de todo o tipo de mercadoria e serviço. Esse sistema de cobrança para o social tira mais dos ricos, sejam eles cidadão de Países ricos ou pobres. Desse modo será possível resolver o problema das nações pobres e dos pobres de todas as nações.

A segunda Alteração deve ser fortalecimento e independência da policia de cada pais  membro da U E.  sendo a única obrigação entre as policias nacionais o intercambio de informação e o livre acesso para o alto comando da policia de cada país aos dados da União. . A terceira Alteração de ser a criação de um -Exército Único. para ser usado unicamente na defesa do território de qualquer dos membros e nunca para ser usado em guerras em países estrangeiros, da maneira que é usado o exército americano. . Envolvimento em guerra fora da comunidade  só poderia ser permitido por decisão majoritária dos membros da ONU. Bernardo Lopes da Rocha

 

sinto-me:
música: Classica
publicado por blopesdarocha às 00:32
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Reforçando o combate à co...

. Espaço Sideral

. Confissões, Broncas e Des...

. Natal de famintos e empan...

. PIB isquêmico

. Plano de Lula para zerar ...

. A solução para a crise po...

. Criticar sem sugerir (mes...

. O euro veio para ficar e ...

. O euro veio para ficar

.arquivos

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Agosto 2015

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Junho 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Novembro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds