Quarta-feira, 26 de Novembro de 2008

A crise financeira global vai piorar

 

A crise financeira global tende a piorar
A atual crise financeira que atingiu o mundo inteiro tende a piorar por causa dos motivos que vou tentar expor.

A segurança que as autoridades oferecem aos cidadãos deixa muito a desejar. Ninguém mais acredita que a sua integridade física está garantida pela eficácia da polícia de segurança publica e de outros aparatos de segurança criados para conter o poder dos terroristas.
Muitos famintos e dependentes de tóxicos mais alguns desempregados pobres membros de famílias também pobres, assaltam qualquer pessoa, sem se importar se essa pessoa é idoso, doente ou se possui somente o objeto que a transporta ou o bem que carregava
Isso acontece talvez porque, a quantia que podem arrecadar com a imploração de esmola, não dá mais para comprar as 2000 calorias que cada um precisa, diariamente, e ainda tem que morrer de frio se não conseguir encontrar um prédio abandonado ou uma carcaça de carro velho para se abrigar, onde certamente se aquecerá, se tiver conseguido algum cobertor rejeitado por excesso de uso,
O estado miserável leva essa gente desprezada a não acreditar mais em Deus, nem no governo e o que passam a sentir, por conseqüência dessa descrença, é um tipo de ódio que os impele a agir com violência contra todos os que retém o excesso de sobras que podia tirá-los da miséria. .
Eles sentem o seu mundo desmoronar.(corpo) e por isso querem que o mundo dos ricos desmorone também para que morem com eles no deserto infernal de noites geladas sem aquecedores nem aparelhos refrigeradores nos dias escaldantes.
Tudo isso que expus já mostra efeitos no comportamento social dos bem de vida. Podemos ver que as suas moradias já parecem fortalezas de difícil acesso e complicados sistemas de segurança. Assim os moradores dessas fortalezas sentem-se seguros, mas para terem uma segurança continua tem em que ficar confinados nelas.
Isso significa viajar menos nos seus veículos confortáveis mas de segurança duvidosa, nos seus aviões particulares e a maioria também viajará menos nos aviões de carreira. Também não ficarão tranqüilos nos navios luxuosos de cruzeiro, nem nas casas de espetáculos, nem nos estádios onde se praticam esportes, nem nos lugares recreativos.

Não há mais segurança nos mares, no ar, nem em terra; Não há mais lugares seguros onde se possa estar como em casa que é quase segura, mas se sair dela para viajar, na volta poderá encontrá-la vazia ou destruída..
Os setores mais prejudicados pelo efeito das falcatruas praticadas pelos gestores do mundo monetário, vão ser todos que depende do crescimento do turismo. A queda do turismo deixará muitos aviões parados e muitos carros, também parados, nos estacionamentos. e muitos outros meios de transportes também serão afetados
Essa situação vai gerar muito desemprego na industria, comércio e transporte. Somente a agricultura continuará a crescer porque a máquina humana, mesmo parada, continua consumir energia. Pode ser a volta para o campo que produz o alimento
Chegou a hora de começar a investir fortemente na recuperação dos excluídos para torná-los iguais aos consumidores normais que pagam impostos. Os excluídos são nossos inimigos por que sempre odiaram a exclusão que lhe foi imposta pela ganância e egoísmo da maioria do ricos.
Vamos devolver-lhe o que é deles para zerar a fome e o ódio Depois, certamente eles serão nossos amigos.
Eu procurei e achei, no campo do surrealismo, as prováveis causas que geraram a crise financeira global e as soluções que me parecem capazes de eliminá-las. Pode não ser assim, mas é uma sugestão que pode ajudar quem está empenhado na procura da verdadeira solução.
BLR

,
 

publicado por blopesdarocha às 09:53
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 18 de Novembro de 2008

Colaboração para a campanha contra os cigarros


Para os fumante bestiais. 


Quero deixar de fumar; / Deixar de gastar dinheiro./
Não posso mais suportar, /Bolso liso nem mau cheiro//

 

Também vou deixar de beber./Não quero mais me encharcar; /
Eu quero sentir o prazer /Sem ter que me embebedar.//

 

Quando penso desse jeito; /Acho que achei a verdade, /
Mas logo a seguir suspeito / Que a tenha achado tarde.//

 

Se não tivesse pensado /Em reagir com sensatez, /
Teria meu tempo esgotado /Sem chance de outra vez.//

 

A minha intenção e boa, /Porque é um desejo meu /
Não agirei mais á toa / Como sempre aconteceu.//

 

Preciso da mente ativa /Para sair do fracasso /
Não devo andar á deriva /Se não quero ser palhaço.//

 

Cigarros de baixos teores /De alcatrão e nicotina /
Dizem que são os melhores / Para te deixar na ruína.//

 

O fim a que se destina./ Não faltará quem endosse /
Que com alcatrão e nicotina / Vais ganhar catarro e tosse //.

 

Catarro e tose não basta./ Terás de quebra um cancro /
Pois o fumante é uma besta/ Que precisa de um tranco //

 

Eu, Beranrdo Lopes R,ocha sou autor destes versos que me ajudaram a deixar de fumar
Comecei a fumar aos oito anos e parei aos 58. Há 17 que não fumo e, por isso, ainda estou vivo, e com saúde relativamente boa para a idade que tenho. Sinto-me melhor e mais forte do que aos 58.
18/11/2008 BLR


 

publicado por blopesdarocha às 17:07
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Reforçando o combate à co...

. Espaço Sideral

. Confissões, Broncas e Des...

. Natal de famintos e empan...

. PIB isquêmico

. Plano de Lula para zerar ...

. A solução para a crise po...

. Criticar sem sugerir (mes...

. O euro veio para ficar e ...

. O euro veio para ficar

.arquivos

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Agosto 2015

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Junho 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Novembro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds