Sábado, 19 de Julho de 2008

Noticiário imparcial da mídia

 

O noticiário. Imparcial da mídia
Na atualidade, aqui no Rio de janeiro e, provavelmente em todas as grandes cidades do mundo, as pessoas que dispõe de tempo livre, ligam a televisão, rádio, compram jornais e também consultam endereços eletrônicos de pesquisa para saber o que acontece e o que aconteceu antes. Escutam e vêem nesses meios de comunicação tudo que precisam para fazer comparações e previsões.
Fazendo comparações, vemos que os mais perturbadores são os assaltantes, em qualquer lugar. No transito, o perigo está no comportamento dos motoristas alcoolizados e nos dependentes de tóxicos; também nos corruptos que certamente são parte da mesma súcia.
Quando queremos saber quantos morreram e quem mata mais concluímos que, as guerras clássicas, não estão mais entre os primeiros que citei.
Os confrontos. em guerras não declaradas, que envolvem a policia e o crime organizado, com maior influencia dos traficantes de tóxicos, contrabando e pirataria, já suplantaram as guerras entre Países, mesmo sem dependeram de couraçados, aviões supersônicos nem de tanques.
A guerra clássica está fora da moda.
Agora a moda é guerra soft que é melhor para matar mais sem destruir muito do patrimônio; é a guerra parasitária que usa até plataformas do governo – dito legal- e por isso é uma guerra de baixo custo por não depender de infra-estrutura totalmente própria nem depender de profissionais altamente qualificados, nem do fardamento que os identificaria e, também ,por ter á disposição, dentro , da grande massa de desempregados e excluídos, todo o material humano, de qualquer idade, para completar os seus efetivos de ataque e defesa. .
As guerras mundiais não são mais aqueles confrontos ente Países.
As guerras da atualidade são nacionais disputadas em todos os Países, entre famílias, como no principio, e, mesmo numa família, sendo, atualmente mais acirradas entre as máfias, torcidas organizadas e disputa pontos de venda, de negócios ilegais lucrativos ou domínio de qualquer coisa grande ou pequena como; suposta defesa individual e também das máfias de comercio, industria agricultura, partidos políticos, religiões onde impera a ganância causadora da desnutrição que mata mais que todos os tipos de guerras em que é usado material bélico...
As bombas atômicas - não assustam mais; pelo menos, enquanto não chegarem ao domínio de terroristas fanáticos.
O policial militar – único visível na guerra soft-, torna-se um alvo fácil porque trabalha fardado. Acertar um bandido, sem risco de atingir um inocente, é mais difícil. O Marginal não hesita em usar o inocente como escudo. O policial não pratica tal cobardia. O marginal pode ficar de tocaia ou se disfarçar no meio do povo, enquanto, o policial fardado não pode se valer de tal disfarce e, por isso, ao ser surpreendido tem apenas uma fração de segundo para tomar uma decisão certa que, nesse caso, pode sair errada. O marginal não precisa se preocupar com a segurança de inocentes; o policial tem essa preocupação, mas nos casos de surpresa não tem tempo para analisar.
Nunca será possível diminuir a criminalidade com a ação de policiais super treinados para não errar o alvo em cidades super povoadas.
Os marginais; guerrilheiros ou terroristas, dificilmente serão derrotados., considerando a ineficácia dos exércitos clássicos contra esse tipo de inimigo.
Os americanos foram incapazes de derrotá-los no Vietnã e no Iraque; Então fica claro que os guerrilheiros que atuam na Faixa de Gaza jamais serão derrotados.
.. Só mesmo a distribuição justa da renda poderá detê-los.
A distribuição justa da renda - via salário - pode zerar o desemprego e a exclusão social. A extinção do desemprego e da exclusão social será o fim da classe fornecedora de recrutas para as milícias ilegais . Certamente a distribuição da renda, não eliminará totalmente a violência por que o egoísmo, a ganância e o maligno só podem ser eliminados pelos próprios possuidores desses males. Mas não há dúvida de que a extinção da classe dos excluídos é um duro golpe no dorso dos amigos da desordem e da violência.
O Sol e a Terra produzem tudo que o reino animal precisa e, portanto, só a divisão justa dessa produção pode produzir a harmonia que gera a Paz.
Então, para encontrarmos o Caminha da Verdade e da Vida, vamos orar e meditar no templo da Igreja Racional que é o -Cérebro Humano - que tem em Si o Universo completo: Nele podemos encontrar todas as soluções que procuramos.
Bernardo L R.
 

publicado por blopesdarocha às 15:54
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Reforçando o combate à co...

. Espaço Sideral

. Confissões, Broncas e Des...

. Natal de famintos e empan...

. PIB isquêmico

. Plano de Lula para zerar ...

. A solução para a crise po...

. Criticar sem sugerir (mes...

. O euro veio para ficar e ...

. O euro veio para ficar

.arquivos

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Agosto 2015

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Junho 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Novembro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds