Quinta-feira, 31 de Julho de 2008

BIG BANG visto no surrealismo

 

 
Resumo da Bíblia da Igreja Católica e BIG BANG, criado na esfera do surrealismo. .
Não consigo imaginar o Big-Bang como um ovo, cheio de tudo, que explodiu para liberar    toda a matéria necessária para construir o universo que podemos ver e sentir..
 Só posso ver, na esfera do surrealismo, uma construção interminável acionada por explosões  controladas em todo o espaço que parecia um vazio destinado a construções e, por isso, eu penso que:
O nada  que é o antes de tudo,.  pode ser entendido como a fonte inesgotável da energia  que envolve o Universo que vemos e imaginamos. O Nada é o eterno invisível aos nossos olhos: é a essência de Deus que, de Si mesmo, criou os átomos que usou para construir o universo material visível.
As galáxias são conjuntos de sistemas solares.
 A imaginação surrealista  leva-me a crer que não há estrelas solitárias, pois imagino, cada estrela, como centro de um sistema planetário.
O Deus poderoso e invencível escolheu o sistema solar para criar o reino animal mais tudo que é necessário para garantir a sua existência e multiplicação. Portanto tudo que vemos e sentimos é feito de Deus.
Na esfera do surrealismo é possível entender que o ser humano, último animal a ser criado, tem algo mais que os outros.
 A espécie humana tem dentro de seu crânio um cérebro que contém as cópias de tudo que existe no Cosmos e, mais uma mente consciente livre, que nos pode levar ao sucesso que é o cumprimento do propósito para ao qual fomos criados,.ou ao fracasso, pelo resultado do mau uso da livre  escolha.
Somos livres para imaginar, construir, destruir e modificar. Podemos escolher voltar ao pó ou viver eternamente no reino espiritual de Deus. Por isso eu penso que:
 
Não queiras mais do que precisas / Nem menos do que te pertence / Porque o excesso é sobre carga / E a carência è Deus quem sente.
 
A velocidade da luz – marcha lenta do Universo - é razoável para viajar dentro de um sistema solar, mas demasiadamente lenta para ser usada na exploração de uma galáxia. Então, para compensar a inutilidade da velocidade da luz na exploração do universo, Deus colocou dentro do crânio, uma miniatura do cosmos, no qual, podemos viajar e explorar  qualquer parte do universo na tela imaginária da nossa mente. E então eu penso que:
 
 Estou entre o eterno passado e o porvir / Preso em meu corpo e agarrado á razão / Para entender, participar e sentir / A alegria divinal da eterna explosão./.
 
Na esfera do surrealismo, qualquer humano, em sua mente consciente livre, percebe que vive e mora gratuitamente  num templo- corpo humano – onde Deus habita para sentir  o que nós sentimos e nos lembra que para estarmos sintonizados Nele teremos de lembrar uma exigência que é;  :
 
Ama o Deus do Universo  sobre todas as tuas criações  e o próximo como a ti  mesmo.
 
O humano que não quis  trabalhar em parceria com Deus, traçou seu próprio destino que é voltar ao pó do qual veio. Do Pó vieste e ao Pó voltarás. Pó, sinônimo da matéria da Terra.. A frase significa que, aqueles que, durante o tempo de vida física, ocuparam com ganância, mentira egoísmo o Vazio que devia estar ocupado pelo Espírito do Universo,. esqueceram que,  a devolução dos talentos em dobro, é o preço a pagar pelo contrato de admissão ao  reino do Espírito que rege o Universo.
 
Se a terra é divina, então o excluído do reino do espírito continuará com Deus, mas  na forma de pó. Nessa volta, em estado consciente, terá que gastar o mesmo tempo que gastou na construção dos malefícios, para entregar o pó, em seu estado puro;  Será um tempo de sofrimento naquela oficina  que a igreja chama de inferno.
 
 No fim do trabalho árduo, nada restará para lembrar que o pó devolvido, já foi um ser humano, e: por isso eu não posso esquecer que:   
 
Sou um espírito que domina um universo / Que me foi dado para nele evoluir / É o complexo e completo cérebro humano / Onde eu posso me agigantar ou destruir/.
 
Se não quero me destruir terei que trabalhar em parceria com Deus: com ELE tenho a certeza que tudo será construído em solo firme; sem Ele, ou com o mau uso dos talentos que recebi.,só encontrarei areia movediça para fundar as minhas criações..
 
 Tudo o que Deus fez, para ser usado pelos humanos contém o manual de instrução que pode ser facilmente entendido se for interpretado com amor; .por isso eu penso que o amor é o fundamento da Fé
 
 Mas uma pequena parte de humanos, que receberam mais talentos, alteraram os originais com introdução de egoísmo, mentira  e ganância. Essa mistura gerou a exclusão social e demais maleficios que alteraram o meio ambiente. Também inventaram e introduziram nas religiões, algumas facções, causadoras de Guerras e desequilíbrio social; facções que ainda são presididas por deuses de divindade duvidosa..
 
Esses que estão com os mestres; senhores do capital, criaram uma área onde confinam os subnutridos para ficarem com a parte dos produtos destinados aos pobres;  produtos gerados pelo -casal- Sol e Terra - produção que é destinada a todos do sistema animal.
Quem poderá avisar os capitalistas corruptos de que as oficinas do Inferno os esperam para limpar, em altas temperaturas. Pó que poluíram?.. Por isso eu não quero nem fazer pichações.
 
Ainda é possível estabelecer a linha de comunicação com o Pai, com o Filho e com o Espírito Santo. A comunicação com a Trindade nunca foi cortada porque é nela que nos movemos.
Não há meios que nos possibilitem sair dessa Trindade nem expulsá-la de nós. Não é possílvel porque o nosso Pai é a matéria e energia do sistema solar. O Espírito Santo é a energia que dirige e sustenta todas as galáxias e tudo que elas contem.. O Filho Unigênito é aquele humano que consegue ser Justo. No sentido de justo, pode ser que alguns Humanos possam ser considerados unigênitos de Deus assim como Jesus Cristo é considerado pelos cristãos que crêem que Ele é Senhor que responde pela dimensão Humana.
Bernardo Lopes da Rocha    .
. .
 
 
 
 
 
 
      
publicado por blopesdarocha às 17:30
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Reforçando o combate à co...

. Espaço Sideral

. Confissões, Broncas e Des...

. Natal de famintos e empan...

. PIB isquêmico

. Plano de Lula para zerar ...

. A solução para a crise po...

. Criticar sem sugerir (mes...

. O euro veio para ficar e ...

. O euro veio para ficar

.arquivos

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Agosto 2015

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Junho 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Novembro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds