Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009

Proposta dos ignorados

 

Proposta dos ignorados

Aumentar, os salários baixos, significa elevar o poder de compra que eleva o consumo que gera emprego. Por isso, o povo dos Países que pagam mais, vive melhor ..

 

O aumento do PIB também depende de investimento nos salário baixos que aumentam as vendas e por conseqüência a arrecadação de impostos, mesmo com taxas menores.

 

Investir nos salários altos não resolve, por que, quem ganha mais que o necessário, sempre comprou tudo que deseja; Não quero dizer que pode agir como milionário!

 

Os trabalhadores sem renda própria, doentes ou sadios, incapazes e idosos; se não receberem o salário integral, ficam dependentes da caridade humilhante (esmola) ou morrem de doença que pega fácil nos desnutridos.
Os que se encontram nessa situação, não podem ficar desempregados.

 

Para evitar irregularidades, todos os beneficiados com ajuda governamental, têm que trabalhar para o governo como auxiliares, onde forem necessários, ou em serviços comunitários

 

Os salários acima de 1500 euros não devem ser aumentados até que o mínimo atinja, pelo menos, 750 euros. Refiro aos salários controlados pelo governo.

A iniciativa privada deve ser livre para negociar o valor dos salários maiores que o mínimo decretado pelo governo e nenhum abaixo dele ... .

 

Portanto, os ignorados insistem em afirmar que Investir nos salários baixos, como já foi dito, resulta em aumento de vendas e baixa do desemprego.

 

Os nossos governantes e políticos tem que entender que o crescimento da economia depende do poder de compra: e que não se pode conter o consumo interno. para baixar a importação. Importação e exportação devem crescer juntas. Palavra dos ignorados.`´E bom escutá-los BLR
 

publicado por blopesdarocha às 14:59
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Reforçando o combate à co...

. Espaço Sideral

. Confissões, Broncas e Des...

. Natal de famintos e empan...

. PIB isquêmico

. Plano de Lula para zerar ...

. A solução para a crise po...

. Criticar sem sugerir (mes...

. O euro veio para ficar e ...

. O euro veio para ficar

.arquivos

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Agosto 2015

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Junho 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Novembro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds