Domingo, 31 de Janeiro de 2010

Profecia, ironia ou sonho de preguiçoso. Dê sua opinião

 

Os robôs são melhores que nós no trabalho e não fazem greve nem reclamam do horário Então. quando existirem em número e capacidade suficiente, para fazer todo o tipo de trabalho, podemos festejar o fim do emprego e dizer: “viva o desemprego” Sim; porque o fim do emprego será a melhor benção para a humanidade. É a volta ao jardim do ÉDEM...!

 

Certamente só precisamos criar alguns robôs que se reproduzam e tenha capacidade a fazer a justa distribuição da renda. Haverá alguém que possa imaginar algo melhor que receber o salário sem ter que pagá-lo com o suor do rosto?. Ninguém poderá!

 

Que grande prazer não poderemos sentir a partir do momento que dispusermos de todo o tempo para festejar o fim do emprego. Todos os prazeres legais estarão ao nosso alcance! Mas na podemos esquecer de amar o DEUS do UNIVERSO sobre todas as nossas criações e os “robôs” como a nós mesmos, mesmo enquanto cada um de nós se divertir a seu belprazer.

 

Mas não se entusiasme com a minha previsão por que isso ainda vai levar tempo por que os --bem de vida—não vão querer sujeitar-se ás leis da eletrônica que são muito parecidas com os dez mandamentos divinos, que, aplicados pelo robô –Cabeça Fria- não aceita arrependimento.

 

Os viciados em trabalho podem trabalhar como serventes do Robô.

 

No espaço de tempo a passar até á extinção do emprego, devemos acrescentar ao valor das vendas -o dízimo- , para garantir por intermédio do arrecadador –previdência e seguro social - o salário desemprego e demais direitos sociais dos pobres e deficientes excluídos (ver plano dos excluídos) também em consulta aos cidadãos europeus..

 

Se os que podem viver da renda própria não gostarem de ver os pobres ganhando sem fazer nada, devem deixar os seus empregos para eles Assim, antecipadamente podem começar a gozar á -bela vida- que virá com o fim do emprego.

 

Os excluídos também sugerem como alternativa temporária para o desemprego; decretar férias de seis meses para que ninguém fique á toa sem mérito
B L R
 

publicado por blopesdarocha às 17:20
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Reforçando o combate à co...

. Espaço Sideral

. Confissões, Broncas e Des...

. Natal de famintos e empan...

. PIB isquêmico

. Plano de Lula para zerar ...

. A solução para a crise po...

. Criticar sem sugerir (mes...

. O euro veio para ficar e ...

. O euro veio para ficar

.arquivos

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Agosto 2015

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Junho 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Novembro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds