Domingo, 28 de Maio de 2006

o Crânio

O crânio

Vamos raciocinar no templo da igreja racional que está dentro do crânio dos humanos. O Deus do Universo construiu o pequeno cérebro humano, com espaço suficientemente para conter a cópia que funciona como o verdadeiro universo, que envolve todas as galáxias e tudo que Elas contém. Cada elemento, maior ou menor que o átomo, está envolvido separadamente. Sendo assim podemos entender, sem dificuldade, que não podemos nos esquivar nem camuflar. Não parece difícil também concluir que Deus, é energia pura. Portanto criou de Si mesmo tudo que existe. Por isso mesmo não existe o vazio que imaginamos. Também parece lógico pensar que o futuro é a Energia Pura com a qual construímos tudo o que queremos no presente que passa a ser o passado, do qual nos servimos. Podemos apreciá-lo de todo o jeito que os nossos sentidos podem detectar e podemos extravasar tudo que construímos no espaço mental. Da forma como manipulamos a energia que é o futuro puro e simples, depende o nosso bem estar e a paz que queremos. Está cortada a ligação com Deus? Não pode estar!. Deus não cortou a ligação e, se tivesse cortado, não impediria a religação se usarmos ferramentas limpas. .
A interrupção não é corte; simplesmente está obstruída pelos ídolos que criamos. Os ídolos, não são, unicamente, a construção de bezerros nem imagens de humanos tidos como santos poderosos. O maior ídolo e maior interruptor que só desliga, são as igrejas, partidos políticos, sistemas de governo, e até agremiações esportivas; tudo que adoramos mais que a Deus. Julgamos que podemos criar sistemas sem a participação divina; sistemas que consideramos como salvadores, mas só criamos sistemas que nos condenam. . Não devemos adorar as igrejas nem os seus lideres por que os templos que construímos são apenas edificações onde os professores – pastores, padres e outros – só podem ensinar mostrando-nos as diretrizes que podem nos ligam a Deus, e como podemos remover os obstáculos que estão obstruindo o caminho. Vamos analisar e selecionar o que há de melhor nos ensinamentos de Cristo, Maomé. Moisés, Buda Confúcio e todos os demais que influenciaram a humanidade para acertarmos o caminho. Temos que ver os grandes lideres mencionados apenas como mestres, no máximo de classificação, e nunca Vê-los como Ídolos, para não corrermos o risco de sermos ofuscados. Vamos também analisar os ensinamentos dos influentes que desestabilizaram a humanidade e o sistema ecológico para excluí-los . A primeira e mais importante medida, para recomeçar as analises, será a decisão de cada humano pacificar-se a si mesmo. Ação difícil para os amantes de Marte, mas certamente fácil para os amantes da Paz. É possível, anular a pressão dos amantes de Marte por que o seu número é pequeno e a sua aparente força só aparece na acomodação dos pacíficos que precisam se unir e fortalecer com a finalidade de conter e anular essas minorias rebeldes que afastam a Paz.
Bernardo L R
publicado por blopesdarocha às 23:17
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 19 de Maio de 2006

Confissão

A igreja racional do último tempo aprova a confissão.

A confissão parece uma exigência absurda por dar a impressão de que é humilhação revelar algo que fizemos errado, mas não é tanto assim. Raciocine; busque com toda a sua inteligência e desabafe com os irmãos de sua confiança.
Ir á igreja somente para orar, com a intenção de alcançar alguma graça ou pedir perdão das faltas cometidas, pouco ou nada adianta: considerando que a construção de um templo se faz para que possamos realizar muito mais do que rezar. Pedir ajuda a Deus e ficar esperando o resultado, sem agir no sentido de fazer algo que demonstre o esforço que faz para fazer jus a ajuda divina, é pura idiotice. Deus completa o que lhe falta depois que você usar todo o talento que ele lhe deu. Deus é rico, mas não admite desperdício.
É nas construções simples ou monumentais, conhecidas como igrejas ou templos, pois pouco importa a opulência na finalidade a que se destina, que podemos confessar uns aos outros o mal que causamos ao próximo, o sofrimentos que nos afligem e o que precisamos para reverter a situação.
Pode ser a indicação a alguém que precisa dos serviços que sabemos fazer, pois os males que alguns praticaram não são mais nem menos do que conseqüências do desemprego. Os templos são a câmara onde os paroquianos, que agem racionalmente, trocam informações que podem levar á solução dos problemas que afligem alguns membros da assembléia. Todos os paroquianos são membros da assembléia com direito de votar e apresentar projetos.
Em reuniões nas igrejas, depois de assistir á missa, no caso da católica ou em assembléias de outras igrejas podem estar pessoas que precisam de emprego ou outro tipo de ajuda e podem estar também pessoas que querem ajudar.
Há sempre alguém que sabe onde está a vaga que o desempregado procura ou o tipo de ajuda que alguém quer dar, mas não sabe exatamente a quem. Então vá á Igreja Raciocinar, meditar e procurar acordos. Só depois desses exercícios poderá conversar com Deus que certamente lhe indicará o caminho que, nas discussões com paroquianos na assembléia, não conseguiu encontrar. As igrejas cristãs são o centro, ou podem ser, que mais entendem nos termos que se ajustam melhor aos ensinamentos de Cristo e mandamentos de Moisés.
Os padres da igreja católica e aqueles que, em outras igrejas, são conhecidos como pastores, estão preparados para ajudar a quem precisa e sabem orientar quem pode ajudar e não sabe como. Acredite neles, mas não se interesse pela explicação de dogmas nem de mistérios: raciocine, use o cérebro que Deus criou para você. A melhor base para raciocinar é ter sempre na lembrança o seguinte: não faças aos outros o que não queres que eles te façam.
As igrejas estão empenhadas na melhora do social, o que sempre foi uma constante no seu método de evangelizar; Evangelizar sem lembrar em todos os sermões, palestras e escritos, os dez mandamentos da lei mosaica de nada valerá se reunir para orar pedindo a cura de doenças ou seja lá que graça for.
Há uma exigência a ser cumprida para merecer graças que pedimos. Essa exigência é obediência ás leis divinas gravadas na nossa mente. Poderá Deus atender-nos se nós não atendermos o que ELE exige, o que, de certo modo, podemos considerar como um pedido que ÊLE nos fez. Com certeza que atende, se fizermos as nossas partes. ELE ainda não perdeu a fé em nós! Isto é: continua nos dando, sem cessar, a chance de nascer de novo. Todos os racionalistas que amam Deus sobre todas as coisas, podem usar qualquer templo para manifestar tudo que pode ser provado pela ciência. O templo é espaço aberto para reuniões de todos que querem ouvir e opinar, pois todos tem a capacidade de discernir.e entender no verdadeiro templo que carregamos que é microcosmo - cérebro humano - Só nele podemos dialogar com o verdadeiro Deus para tirar dúvidas. Então a fé ocupará o vazio deixado pelas dúvidas. Enquanto acreditarmos em dogmas, mistérios e códigos do tipo, código da Vinci, e enquanto acreditarmos que caridade é boa vontade e não obrigação, não haverá espaço para a fé.
i
BLR Bernardo Lopes
publicado por blopesdarocha às 21:24
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Maio de 2006

recado a lisboa

Recado a lisboa
Sr Miguel G Roque. Este texto tem a ver com a oração ao deus governo. Oração irônica; penso que entendeu! Contudo é realmente um recado para os governantes: recado baseado em sugestões dos excluídos, Gostei do seu comentário pela sua preocupação com o meu modo ver os factos, Só tenho a quarta classe do ensino primário e devo dizer-lhe que foi lendo que aprendi o bastante para entender. Os meus professores são pessoas que nem conheço pessoalmente, como o sr, preocupadas com o bem estar social, Integridade territorial, defesa dos interesses da pátria e a divulgação dos feitos de grandes mestres. Coloquei alguns Links no meu blog http://igrejaracional.blogs.sapo.pt. Gostaria que o sr criticasse a minha decisão de colocar links e criticasse também o que escrevi. Sempre escrevo baseado em broncas e desabafos de todas as classes, mas não posso garantir que a minha interpretação é perfeita. . . Por isso dou importância á critica.
.Quando eu penso nas coisas boas e ruins de Portugal sempre associo o seu nome a todos os acontecimentos, pois tenho a certeza de que o Sr entende de tudo que de bom ou de mal acontece no nosso Portugal. Associo o seu nome porque o vejo como o mais autentico defensor da integridade territorial e dos interesses do nosso País. Sei como se sente ao ver o atraso em que Portugal se encontra, se o compara com a maioria dos países da U E. Sabemos que a culpa não é dos operários nem dos professores nem dos funcionários civis nem dos militares. A culpa é sempre de políticos incapazes para governar, mas altamente capacitados para agir como ditadores. Não ponho a culpa só neles, pois me parece que o atraso de Portugal se deve mais á desastrosa guerra colonial. Os problemas de Portugal, no meu modo de ver, são apenas um pequeno atraso que aconteceu, também, por excesso de otimismo. A Espanha tem problemas para resolver, talvez insolúveis, que podem, até mesmo desintegrá-la e, no entanto. está economicamente forte. Não gostaria de ver a Espanha enfraquecida: desejo que fique mais forte depois de sair de Olivença, para Portugal tomar posse do que perdeu numa guerra suja desencadeada por Godoy com o apoio de Napoleão.. Mas agora, conscientizados, podemos ver que não estamos perdidos, Talvez tenhamos que esquecer o aeroporto da Ota e a tgv , somente até repovoar o interior desertificado para desafogar as grandes cidades superlotadas. O povo deve ajudar o governo.
A melhor maneira de ajuda-lo é mostrar-lhe o que não queremos.
Repovoar. Que venham os brasileiros.
Comentário ao seu artigo: Sr. José Manuel Barroso –Brasileiros, notícias e a marca Portugal.
É preciso criar algum plano que possibilite voltar a viver no interior sem ter que enfrentar os problemas que forçaram a saída.
É preciso reconstruir os antigos caminhos de acesso a casas e pequenas propriedades abandonadas, pelos quais se fazia o escoamento da produção e a entrada dos produtos usados para possibilitar a produção. As novas rodovias não podem substituir as seculares vias –Caminhos- de transito de pessoas e mercadorias. As modernas vias rápidas servem mais como pista de corrida e menos como vias de abastecimento e escoamento.
Ou se investe na recuperação de tudo o que foi desativado no interior do País ou teremos que suportar o excesso de população desabrigada, a alto custo para evitar a desordem que gera tumultos destruidores de bens e causadores de mortes. O alto custo da segurança para conte-los, seria mais que suficiente para custear o repovoamento do interior desertificado com os mal abrigados e desempregados que aceitarem deslocar-se par as terras e moradias abandonadas no interior..
Com assistência médica garantida pode-se viver muito bem no interior cultivando as terras abandonadas para subsistência desde que o governo complete a diferença até ao mínimo indispensável enquanto a produção for insuficiente. A comunicação instantânea intermediada pelos presidentes das juntas de Freguesias, conhecedores dos problemas do interior, facilita o plano de repovoamento.
Na maioria dos casos de agricultura de subsistência é possível que a produção garanta o mínimo com sobra. Tem que ser feito um tipo de reforma agrária para reativar as propriedades abandonadas. Uma reforma agrária pode ter um custo alto, mas nunca atingira o custo do aeroporto da Ota nem da TGV programada que parecem desnecessárias.
Dêem ou emprestem a terra abandonada a quem quiser viver da sua produção, se o governo completar o salário enquanto a produção for insuficiente. .
Se os antigos donos não voltarem, convidem os que nunca foram proprietários de terra e emigrantes de qualquer País, para participarem da recuperação. Vamos repovoar o interior na medida do possível começando com oferta de terras emprestadas para voluntários, nas áreas abandonadas, com opção de compra, quando interessar, pelo valor atual, para que não sejam incorporadas as benfeitorias, .
A desertificação obriga o governo a investir, na segurança dos cidadãos, mais do que seria necessário, para controlar excesso de desempregados e emigrantes- provavelmente saídos do interior de seus países – Talvez, uma grande parte deles, esteja vivendo da exploração do comércio ilegal – vendendo mercadorias contrabandeadas- pirataria e trafico de drogas. Ainda é possível sustar o avanço do mal que produziu o desequilíbrio. , facilitando o retorno com garantia de salário. Eu tenho uma pequena propriedade abandonada no município de Cinfães, freguesia de Souselo. Está a 300 metros da margem do rio Douro. Há mais propriedades abandonadas juntas á minha. A minha propriedade, posso cede-la como empréstimo sem cobrança, com opção de compra em qualquer época pelo valor de hoje, a qualquer pessoa nacional ou estrangeiro, que consiga outra, junto ou próxima, pois a minha não poderá produzir o suficiente para uma família sem ajuda do governo.
http://lopesdaroha.blogs.sapo.pt
bernardolopes@superig.com.br
t
publicado por blopesdarocha às 21:16
link do post | comentar | favorito
Domingo, 14 de Maio de 2006

Oração

Nada podemos conseguir sem o poder da oração.
Não há motivo para orar a Deus pedindo algo que precisamos. Deus dá tudo que é necessário para a vida material dos humanos e todas as demais vidas animais e vegetais. Para isso construiu um sistema solar dentro de uma galáxia sem o qual não poderia construir o nosso planeta com tanta diversidade de vidas sustentada pela energia solar que provem de Deus. Só temos que orar pedindo inteligência, Sabedoria e entendimento. E pedir perdão se fizermos mau uso dos talentos que Ele nos deu.. Talentos que temos que possuir em dobro na hora de prestar contas. Quem não conseguiu aumenta-los em cem pro cento vai perder o que recebeu para quem progrediu mais. Para conseguir tudo o que é indispensável para termos um vida material confortável., não há dúvida de que temos que orar, protestar e até fazer greve para conseguirmos dos homens endeusados um salário que nos de a possibilidade de comprar todos os bens materiais indispensáveis há manutenção física e conforto. Seria demais querer que Deus mandasse garçonss celestiais para nos servir.


A prece
Sr supremo magistrado do meu País; Eu, sou desempregado sem renda própria, sei que sabes que estou junto com os excluídos e deficientes pobres. Em oração já confessamos que te reconhecemos como verdadeiro falso deus poderoso e, por isso, te pedimos: e escutai a nossa oração antes que a gente apele para o teu inimigo.
Retirai as obrigações sociais dos empregadores e empregados, para que não sejam poucos pagando para muitos e eu possa ser admitido, sem problemas para o patrão, e nem precise de comprovantes para exigir assistência e reforma. .
Acrescentai ao valor das vendas aos consumidores de alimentos, bens duráveis e serviços, uma taxa que possa cobrir todas as despesas do seguro social para que nós –excluídos e desempregados- possamos ser beneficiados com a alta contribuição que os ricos vão pagar.
Perdoa-me, sr endeusado.se vos ofendo, mas não posso deixar de te pedir ajuda para tirar dos ricos somente aquele excesso retido que nos colocou na área da exclusão
Não leve a mal - sr endeusado-, mas eu acho que tu não queres dar atenção aos jornalistas- pessoal da mídia- que sempre divulgam a verdade que denuncia os mentirosos com a finalidade de vos mostrar que a devolução do excesso retido pode trazer para a área dos consumidores todos nós - os excluídos e desempregados-.e também a paz.
Eu vos suplico - sr endeusado- atende o nosso pedido e nós prometemos parar de exercer o comercio ilegal, nos espaços públicos, pois sabemos quanto roubamos do vosso reino. Os meus colegas, de outros ramos, também não ficarão mais de plantão para roubar o salário dos trabalhadores empregados nem dos aposentados nos dias de recebimento, nem se aproveitarão dos descuidos na segurança dos lares de família, para roubar. .Eu sei que terei que pagar.mais 20 ou 30 reais para o Seguro Social, na compra de uma bicicleta, o que não me parece exagero, pois digo sinceramente sr; gostaria mais de pagar 100 ou 200 mil na compra de um carrão sofisticado e de alto luxo A contribuição acrescida ao valor das vendas ao consumidor é justa por ser proporcional e também por cobrar de todos: honestos e desonestos durante toda a vida porque todo são consumidores. Senhor endeusado, eu imploro que não permitais que os ricos exijam uma aposentadoria proporcional á contribuição. Encarecidamente, eu te peço; Estipula uma aposentadoria, beneficio ou auxilio igual para todos, porque tu sabes que a alta contribuição que os grades consumidores ricos, vão pagar, não é contribuição; é a aceitação de um proposta pacífica que fazemos para reavermos tudo que nos foi roubado. Quem quiser beneficio melhor terá que pagar previdência privada.
Não olhes o pecado coletivo olha o pecado individual porque tu conheces as causas que nos levam a praticar atos ilícitos. Daí a nós: desempregados, excluídos e deficientes sem renda própria, um salário justo e, exija de nós a obrigação de permanecer em algum lugar, por nove horas, como se estivessem trabalhando. Pode ser mesmo no interior do País nas moradias e terras abandonadas. Senão for possível, passaremos essas horas em igrejas, escolas ou quadras de esporte para fazer jus ao salário desemprego e evitar a nossa permanência nas ruas atrapalhando o transito e....
Sr endeusado; nos já fizemos pedidos semelhantes ao Deus do Universo em nome de Jesus Cristo. Os seguidores de outras religiões também fazem pedidos em suas orações de acordo com a sua Fé
A todos Indiretamente, Deus mostra claramente a analfabetos e letrados que, em obediência á Sua Lei, o Sol continua fecundando ininterruptamente a Terra para fertiliza-la, garantindo assim a produção de tudo que as suas criaturas precisam para viver a vida física que ELE programou. Quanto á distribuição da riqueza que nos dá por intermédio do Casal Sol e Terra, fez-nos entender também que não quer se ocupar com a distribuição da riqueza. A distribuição deixou por vossa conta senhores endeusados, com a participação de todos conforme os mandamentos da lei de Moisés. Com certeza não vai nos dispensar da prestação de contas.
Bernardolopes@superig.com.br
publicado por blopesdarocha às 00:45
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 9 de Maio de 2006

Igreja Racional do Último Tempo

Igreja racional do último tempo. Inspiração de Bernardo Lopes da Rocha surgida na meditação
Esta igreja é divina, mas nunca foi levada a sério pelas igrejas sustentadas em profecias de difícil comprovação mas, nem por isso, deixou de se impor. Ninguém conseguiu organiza-la e nem foi preciso. Atualmente - A igreja racional do último tempo - já está consolidada e não há mais risco de vida para quem a adota. Não há mais lugar para inquisição. A grande maioria da população que aparentemente professa as grandes religiões, já crê, diretamente, sem dúvida Naquele que criou o Universo. Crê que só, pelo raciocínio que é o grande dom que deus deu a cada humano, pode alcançar e conhecer o verdadeiro propósito para o qual fomos criados.. Não há mais dúvida que tire do humano a convicção de que a salvação tem que ser o prêmio para quem a usa justamente o raciocínio. . Só é possível chegar até Deus usando o dom de raciocinar no microcosmo, que é o Cérebro humano. Raciocinando e questionando podemos eliminar as duvidas que nos mantêm distantes da Fé. A certeza que leva ao aparecimento da fé é a prova de que não existe mais espaço para as dúvidas. O afastamento da dúvida por exclusão dá lugar á fé que é a junção e decodificador que nos liga a sabedoria divina e nos permita entende-la. Nenhuma religião, nem esta, que vou tentar descrever, poderão nos ligar a Deus, se não ensinar e convencer os adeptos de que somente o uso correto do raciocínio pode nos levar á Verdade. O que é a verdade? Respondendo somente por mim, posso dizer: a verdade está ou é as leis que regem o Universo e tudo que é infinitamente menor que o átomo e infinitamente maior que o átomo. Podemos, mas só estaremos na verdade se conseguirmos, pelo raciocínio, agir em sintonia e harmonia com as leis criadas por Deus. Nada de acreditar cegamente. Somente as crianças podem acreditar cegamente pela inocência pura. .Acreditar cegamente sem perigo de errar só é possível com inocência pura de criança que acredita na proteção dos pais sem vacilar. A criança tem nesse caso a fé absoluta.
As pessoas adultas não conseguem fazer-se como crianças para estar no reino de Deus, como disse o grande mestre, Jesus Cristo. Todos que praticam a filosofia da igreja racional do ultimo tempo, mesmo sem saber que Ela já está consolidada, não pretendem combater os mestres: Cristo, Maomé, Moisés, Confúcio, Buda nem os novos, Luter King nem Gandhy. A Igreja Racional do Último Tempo têm como objetivo convencer as pessoas a rejeitar os dogmas e tudo que leve as pessoas a perder tempo na procura dos segredos da vida além da morte. Sabemos que ao final de, aproximadamente nove meses nascemos para a vida material. Até dominarmos o uso da razão temos a proteção e instrução dos pais e dos professores. A seguir começa a nova gestação do ser humano: gestação que é o preparo mental racional, por conta própria, que nos deixa ou deve deixar prontos para o novo nascimento, através da morte física,para a entrada no reino da verdade. Sem o mínimo de perfeição ficarás fora. Não podemos nos preocupar nem perder tempo com imaginações que parecem ser uma antevisão idêntica ao paraíso do reino de Deus. A nossa preocupação durante a vida material racional deve ser atingir a perfeição que garante a admissão ao reino da luz divina.O que acontece depois, certamente, é a mais bela e feliz surpresa
.Bernardo Lopes da Rocha
publicado por blopesdarocha às 23:14
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sábado, 6 de Maio de 2006

...

Mais um resumo do livro – Confissões, Broncas e Desabafos. Autor: Bernardo Lopes, Bernardo lopes da rocha
Este resumo é referente a uma parte do livro, cujo tema trata de diferenças sociais no espaço monetário.
Muito diferente do espaço calculado em metros quadrados; o espaço monetário não tem limites definidos mas pode ser tão restrito que, mesmo num país de dimensões continentais, pode fazer os seus habitantes sentirem uma sensação de confinamento.
O espaço monetário, aqui representado pelo sangue e salário, deve ter uma dimensão que comporte tudo que, qualquer trabalhador especializado ou não, precisa para viver sem apertos e com espaço de sobra para outras necessidades.
O ser humano é uma célula da corporação humana que, como a célula do corpo, precisa da passagem do sangue em quantidade e velocidade tal que permita a cada célula retirar dele todos os nutrientes que precisam e, simultaneamente, se livrar da matéria gasta, através da circulação de retorno, que tem meios de expulsá-la do corpo para que o sistema permaneça limpo. e equilibrado. Assim, também, qualquer empregado ou desempregado, aposentado ou incapacitado tem que ter dinheiro passando por si em quantidade que lhe de poder de compra capaz de pagar todos os alimentos que precisa e para os demais produtos necessários para o conforto e lazer que não são dispensáveis,
Os impostos embutidos nos preços dos bens de consumo e serviços mais outros impostos e taxas. podem ser considerados aqui como o residual produtor do gás que vai ser lançado nos cofres do fisco para movimentar o país com a ação dos mestres do ensino da segurança da administração e da justiça.
O salário insuficiente retrai a indústria, comércio e agricultura até á falência de fábricas e micro empresas com o conseqüente aumento do número de desempregados que irão defender-se no campo de ninguém. Nesse campo de ninguém cresce o comércio informal e o contrabando enquanto a arrecadação cai causando grande prejuízo ao País, Estados e Municípios.
A atividade informal, - Trabalho não legalizado ou não reconhecido - é o campo de ninguém onde todos os marginalizados e os mal remunerados se encontram e entendem e o governo se perde., O governo trava nesse campo uma interminável batalha de repressão dispendiosa que, ironicamente, só pode terminar com o fortalecimento monetário do inimigo rapinante.
Um metalúrgico, um bancário ou seja lá que profissional for, não deve fazer serviços fora do horário de trabalho com o objetivo de aumentar o salário até ao mínimo indispensável, mas é obrigado a fazer até o que não sabe para não passar por humilhações como a de pedir empréstimo para comprar alimentos ou remédios sem conseguir provar que pode devolver empréstimo no tempo determinado. O trabalhador tem que ganhar tanto quanto precisa e com sobra para fazer a manutenção da sua casa e seu carro sem ter que recorrer a horas extras que prejudicam a saúde e geram desemprego.


A correção para corrigir / O capital emprestado /
Deixa o capitalista a rir / E o devedor arrasado//.

A correção é só regalia / Para os ricos de capital /
Para o devedor é asfixia / Que lhe pode ser fatal //

Se nos acertos da correção / Houvesse cálculo imparcial /
Teriam achado uma solução / Justa e de aceitação geral.//

Querendo podem manter / Os salários sem acertar/
Mas arriscam-se a sofrer / Por não saberem recuar//

Recuar pode ser prudência / Usa-se até para chutar forte/
È um golpe de inteligência / Nada tem a ver com sorte//

Bom de bola é o brasileiro / Grande na arte de driblar /
Vai driblar o mundo inteiro / Ou quem o quiser enganar.//

Mas os craques da economia / Que fizeram muitas besteiras /
Vão perder o jogo da sangria / E todo o estoque de chuteiras //

Perderão muito mais que o total / De tudo que levaram sem ganhar /
O bom senso surge e susta o mal / Com as CPI e justiça a funcionar//

Os brasileiros caminham contentes / Nos caminhos da justiça e do amor/
Impulsionados por desejos latentes / Na maioria deste povo trabalhador.

Não adianta gastar tempo a legislar / Fazendo leis com efeito duvidoso /
Porque povo que vai desmascarar/ O corrupto ou político mentiroso //

bernardolopes@superig.com.br
publicado por blopesdarocha às 23:09
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 3 de Maio de 2006

resposta a Carlos Luna

Resposta ao artigo publicado no; jornal de Olivença, por Carlos Luna, com o titulo -de cavalo para burro-
Não consegui colocá-lo no espaço destinado a comentários.

De cavalo para burro é uma comparação de besta, sr Carlos Luna, professor de história. Eu só tenho a quarta classe, mas aprendi o suficiente para tomar uma decisão, se fosse o caso, de rejeita-lo como meu professor ou do meu filho. O termo que o sr usou é um símbolo gráfico da besta, que demonstra claramente o seu grau, na escala dos discriminadores preconceituosos.
Não vou nem tentar argumentar com história por que o sr é professor nessa área e também porque não se referiu as causas que alteraram as fronteiras. Mas não vou deixar de lhe lembrar que uma terra tomada de outro País, com o uso da força militar, nunca pode ser parte do território do invasor. Sei que os habitantes de Olivença se consideram cidadãos de um frágil agrupamento de Nações, conhecida como e Espanha. De repente os oliventinos espanhoes vão descobrir que são portugueses ou estremenhos se preferirem.. Acho que a maioria dos oliventinos não tem conhecimento da guerra das laranjas. Parece que os professores de história espanhoes omitiram o que aconteceu em Olivença em 1801 e suas conseqüências..Porém eles devem ser informados de que residem em território português, com documentação espanhola, desviando impostos para a Espanha sem culpa própria. O sr escreveu: E, já agora, no campo da justiça histórica.! Em 1801, Olivença era, segundo historiadores espanhoes, uma povoação comparável a Badajoz e Elvas, ao contrário do que sucede hoje. Eu respondo: Ninguém passou de mal para pior: o que sucedeu foi o genocídio; massacre de uma população indefesa, executado, provavemente, pelas espadas dos tiranos espanhoes.
.bernardolopes@superig.com.br
publicado por blopesdarocha às 16:18
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Maio de 2006

Código Da Vinci

Código Da Vinci
Li o livro -código Da Vinci- de Dan Brown. Confesso que não vejo nada de especial nele, porque é apenas suspense. . Os código -Da Vinci -na procura Do santo Graal, esconde tudo que não leva a lugar nenhum. Os milhões de códigos usados pelas máfias ou pessoas físicas, são apenas artimanha de encobrir erros. Tudo que está atrás dum código está nas trevas. O código Da Vinci parece algo criado mais para desviar a atenção, lançar dúvidas e intrigas. .
Os códigos citados no livro servem apenas para manter um suspense que disponibiliza tempo para manobras, mesmo que nada esteja encoberto. Esconder ouro ou dinheiro no tempo de Da Vinci, atrás dum segredo, não poderia ser interessante pois é necessário provar a existência do ouro para agilizar e concretizar os negócios..
Para comprar é preciso provar a existência do ouro e a possibilidade de transporta-lo. Código, em pleno século 21, não esconde mais nada e só gera suspeitas, por não ser mais que um meio de ofuscar. Hoje é obrigação exigida pelo povo e é lei, a transparência que elimina as dúvidas,
Está-se cumprindo a profecia, - tudo que se faz ás escondidas será apregoado sobre os telhados-.. Não há mais possibilidade de esconder. Esconder é provar que existe algo ilegal em poder de alguma pessoa, grupo ou País. Na atualidade só precisamos de senhas eletrônicas para evitar roubos e garantir a segurança de bens devidamente legalizados.
Combater a igreja Católica ou outras igrejas Cristãs, com armas escondidas por códigos, é uma manobra que só poderia interessar aos judeus. Afinal Cristo era um judeu que não aprovava o comportamento dos judeus, e por isso era legal e lógico contestá-lo. Eu vejo, nas obras de Da Vinci, a intenção de lançar dúvidas sobre a veracidade do novo testamento. São tentativas de aplicar formas capazes de alterar o conceito de Maria Madalena, citando-a como pessoa de linhagem nobre e esposa de Cristo. Essas obras codificadas podem ter sido encomenda de grupos anti Cristo- inimigos da Igreja Católica-,e por isso até mesmo as obras codificadas que o vaticano tem, não sei porquê, podem ter sido manobra comprometedora que o vaticano não descobriu.
O livro -Código Da Vinci- é o mais enjoado romance de suspense. Não é mais que a procura de um tesouro de existência duvidosa e de importância nula que precisa ser valorizado por códigos difíceis cuja finalidade é manter viva a expectativa de uma próxima revelação bombástica que pode ser o Santo Graal enigmático. Guerras já foram travadas antigamente para manter o segredo fictício. No livro citado descreve-se o envolvimento da policia na caçada de supostos matadores, cujo crime era a posse do código- praga maldita- causadora de guerras, confusões e assassinatos. . ,
Procuram-se provas contra Cristo. Claro que vão ser encontradas, porque em todos os tempos sempre existiu a oposição contestadora por sua natureza antagônica. . É uma guerra de acusações usadas pelas partes em todos os tempos. Por isso, podemos concluir !: tudo o que foi escrito para comprovar a existência do Santo Graal, parece uma mentira guardada, por códigos difíceis, para manter a duvida enquanto não se descobre algo concreto que possa desmoralizar Cristo e derrubar o novo testamento. Até agora, essa suposta existência do Santo graal, não abalou o cristianismo da Igreja Católica nem das suas ramificações. . A igreja católica é atacada, até por cristãos, porque valoriza as mulheres com a permissão de adorar a Senhora mãe de Jesus. Podem dar importância a Maria Madalena. Podem enaltece-la ou desmoralizá-la. Tudo que decidirem não vai incriminar nem salvar os autores da qualificação. . Das centenas de milhões de cristãos, talvez menos de dez por cento são verdadeiros seguidores de Cristo. Mais de noventa por cento dos humanos Cristãos são pacíficos e parecem até medíocres; só parecem. São eles, a grande maioria, que pouco se importa com o que está para vir. Preocupam-se mais com o afã de cada dia, como quem tem a certeza de que o futuro é energia pura que está a nossa disposição para fazermos o que quisermos com Ela, Foi com essa energia pura, que me parece a essência de Deus ,que se Si mesmo construiu todas as Galáxias e tudo o que elas contém de maior e menor que o átomo e mantém a eterna explosão
. Estou entre o eterno passado e o porvir //Preso em meu corpo e agarrado á razão// Aprendendo a participar sempre e sentir // A alegria divinal da eterna explosão//
bernardolopes@superig.com.br
publicado por blopesdarocha às 16:08
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 1 de Maio de 2006

Oração 2

Oração dos excluídos e desempregados. Só rezando mesmo; o resto não deu jeito!
A todos vós Srs governantes endeusados e a vossos anjos legisladores e executivos eu vos suplico:
Retirai as obrigações sociais dos empregadores e empregados, para que não sejam poucos pagando para muitos e eu possa ser admitido, sem problemas para o patrão, e nem precise de comprovantes para exigir assistência e reforma. .
Acrescentai ao valor das vendas aos consumidores de alimentos, bens duráveis e serviços, uma taxa que possa cobrir todas as despesas do seguro social para que nós –excluídos e desempregados- possamos ser beneficiados com a alta contribuição que os ricos vão pagar.
Perdoa-me, sr endeusado.se vos ofendo, mas não posso deixar de te pedir ajuda para tirar dos ricos somente aquele excesso retido que nos colocou na área da exclusão
Não leves a mal - sr endeusado-, mas eu acho que tu não queres dar atenção aos jornalistas- pessoal da mídia- que sempre divulgam a verdade que denuncia os mentirosos com a finalidade de vos mostrar que a devolução do excesso retido pode trazer para a área dos consumidores todos nós - os excluídos e desempregados-.e também a paz.
Eu vos suplico - sr endeusado- atende o nosso pedido e nós prometemos parar de exercer o comercio ilegal, nos espaços públicos, pois sabemos quanto roubamos do vosso reino. Os meus colegas, de outros ramos, também não ficarão mais de plantão para roubar o salário dos trabalhadores empregados nem dos aposentados nos dias de recebimento, nem se aproveitarão dos descuidos na segurança dos lares de família, para roubar. .Eu sei que terei que pagar.mais 20 ou 30 reais para o Seguro Social, na compra de uma bicicleta, o que não me parece exagero, pois digo sinceramente sr; gostaria mais de pagar 100 ou 200 mil na compra de um carrão sofisticado e de alto luxo A contribuição acrescida ao valor das vendas ao consumidor é justa por ser proporcional e também por cobrar de todos os honestos e desonestos durante toda a vida porque todo são consumidores. Senhor endeusado, eu imploro que não permitais que os ricos exijam uma aposentadoria proporcional á contribuição. Encarecidamente eu te peço; Estipula uma aposentadoria, beneficio ou auxilio igual para todos, porque tu sabes que a alta contribuição que os grades consumidores ricos, vão pagar, não é contribuição; é a aceitação de um proposta pacífica que fazemos para reavermos tudo que nos foi roubado. Quem quiser beneficio melhor terá que pagar previdência privada.
Não olhes o pecado coletivo olha o pecado individual porque tu conheces as causas que nos levam a praticar atos ilícitos. .Dê um salário justo aos desempregados e deficientes que não tem renda própria e, exija deles, a obrigação de permanecer em algum lugar, por nove horas, como se estivessem trabalhando. Nessas horas podem trabalhar mesmo ou permanecer em igrejas, escolas ou quadras de esporte para fazer jus ao salário desemprego e evitar a sua permanência ns ruas atrapalhando o transito e....
Sr endeusado; eu já fiz pedidos semelhantes ao Deus do Universo em nome de Jesus Cristo. Os seguidores de outras religiões também fazem pedidos em suas orações de acordo com a sua Fé
A todos Indiretamente, Deus mostra claramente a analfabetos e letrados que, em obediência á Sua Lei, o Sol continua fecundando ininterruptamente a Terra para fertiliza-la, garantindo assim a produção de tudo que as suas criaturas precisam para viver a vida física que ELE programou. Quanto á distribuição da riqueza que nos dá por intermédio do Casal Sol e Terra, fez-nos entender também que não quer se ocupar com a distribuição da riqueza. A distribuição deixou por conta dos senhores endeusados com a participação de todos conforme os mandamentos da lei de Moisés. Com certeza não vai nos dispensar da prestação de contas.
Bernardolopes@superig.com.br
publicado por blopesdarocha às 22:34
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Reforçando o combate à co...

. Espaço Sideral

. Confissões, Broncas e Des...

. Natal de famintos e empan...

. PIB isquêmico

. Plano de Lula para zerar ...

. A solução para a crise po...

. Criticar sem sugerir (mes...

. O euro veio para ficar e ...

. O euro veio para ficar

.arquivos

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Agosto 2015

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Junho 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Novembro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds