Domingo, 31 de Janeiro de 2010

Profecia, ironia ou sonho de preguiçoso. Dê sua opinião

 

Os robôs são melhores que nós no trabalho e não fazem greve nem reclamam do horário Então. quando existirem em número e capacidade suficiente, para fazer todo o tipo de trabalho, podemos festejar o fim do emprego e dizer: “viva o desemprego” Sim; porque o fim do emprego será a melhor benção para a humanidade. É a volta ao jardim do ÉDEM...!

 

Certamente só precisamos criar alguns robôs que se reproduzam e tenha capacidade a fazer a justa distribuição da renda. Haverá alguém que possa imaginar algo melhor que receber o salário sem ter que pagá-lo com o suor do rosto?. Ninguém poderá!

 

Que grande prazer não poderemos sentir a partir do momento que dispusermos de todo o tempo para festejar o fim do emprego. Todos os prazeres legais estarão ao nosso alcance! Mas na podemos esquecer de amar o DEUS do UNIVERSO sobre todas as nossas criações e os “robôs” como a nós mesmos, mesmo enquanto cada um de nós se divertir a seu belprazer.

 

Mas não se entusiasme com a minha previsão por que isso ainda vai levar tempo por que os --bem de vida—não vão querer sujeitar-se ás leis da eletrônica que são muito parecidas com os dez mandamentos divinos, que, aplicados pelo robô –Cabeça Fria- não aceita arrependimento.

 

Os viciados em trabalho podem trabalhar como serventes do Robô.

 

No espaço de tempo a passar até á extinção do emprego, devemos acrescentar ao valor das vendas -o dízimo- , para garantir por intermédio do arrecadador –previdência e seguro social - o salário desemprego e demais direitos sociais dos pobres e deficientes excluídos (ver plano dos excluídos) também em consulta aos cidadãos europeus..

 

Se os que podem viver da renda própria não gostarem de ver os pobres ganhando sem fazer nada, devem deixar os seus empregos para eles Assim, antecipadamente podem começar a gozar á -bela vida- que virá com o fim do emprego.

 

Os excluídos também sugerem como alternativa temporária para o desemprego; decretar férias de seis meses para que ninguém fique á toa sem mérito
B L R
 

publicado por blopesdarocha às 17:20
link do post | comentar | favorito
Sábado, 9 de Janeiro de 2010

Aprovado o cagaysamento

 

 

 Aprovado o cagaysamento para preservar o casamento  tradicional

 

Casamento é palavra exclusiva para qualificar o que  sempre foi um contrato comercial.  entre homem e mulher.ou  famílias  que forçavam, em muitos desses negócios, a união de duas pessoas que não se amavam.

 

  Era um contrato baseado em  interesses  que  envolviam  imóveis : o famoso dote.  No nível popular, esse negócio   não tinha destaque longe do local,  mas  como negócio de  famílias reais  foi causa de guerras e subjugação de povos com supostos direitos  inexistentes  fora da cama.     Isso não poderia acontecer porque é direito mais torto que se pode imaginar

.

Que poderia eu pensar da união intima de duas pessoas do mesmo sexo? Penso que, a  aprovação  dessa união  é igual a,  negativo+negativo = a negativo:ou  efeito zero  e 1º passo para a legalização da anarquia e derrota da disciplina.

 

  O 2º passo vai ser legalização da bigamia que vai liquidar as restantes  famílias se não houver um acordo classificatório..

 

Como o casamento ainda está ligado a negócios deve  ter contrato comercial registrado no departamento apropriado e não em igrejas nem departamentos que legalizam a união íntima, .

 

 Se for para continuar como está, então a união intima de pessoas do mesmo sexo deve ser conhecida pelo nome de  --Cagaysamento-- para evitar atritos perigosos.

 

Sem  aceitação desta sugestão, fica automaticamente decretado o fim da validade da  palavra   --casamento—a partir da aprovação  de união  de pessoas do mesmo sexo.

 

 Agora a palavra casamento tem que ser   substituída por união intima negativa  U I N;  e união íntima  positiva. U I P seguidas  ou precedidas de sociedade comercial.

 

Escrevo sem intenção afirmativa, isto é apenas uma sugestão que poderá evitar  confusão . . .   

,  .. 

 

 

publicado por blopesdarocha às 19:20
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 7 de Janeiro de 2010

Nada de camuflar a verdade. É impossivel !


Nada de camuflar a verdade; É impossível.

 

No noticiário dos últimos anos escutamos e vemos a predominância das más noticias que relatam as causas do mau comportamento do animal, conhecido como humano, mas que, como tal, uma grade parte, não se comporta .

 

Não seria correto generalizar essa qualificação, visto que, as desgraças anunciadas, não são criadas por quem preza o bom senso e a -disciplina- que é vista, pelos outros, como ditadura. . .

 

Afinal, se não incluirmos os desastres naturais e alguns tipos de doenças, no contexto, podemos ver que, o mal do mundo está somente na existência dos excluídos que são (os pobres- renda zero- desempregados), obrigados a viver na –lixeira- criada pelos gananciosos e tolerada pelos governantes e políticos atuantes. .

 

Para sair dessa lixeira é preciso ter (o passaporte cifra) que lhes é negado pelos governantes e políticos amigos dos gananciosos ricos. (Eu não sou contra a riqueza, mas sou contra o mau uso dela)..

 

Podemos também dizer que;. 80% da humanidade, está muito bem, mas muitos desses sofrem de algum mal prazeroso, -inexplicável- que deveria gerar neles inquietação, como acontece nas pessoas de bem, enquanto não se livram de algo que não lhe pertence.

 

Esses –os bem de vida- portadores da suposta doença citada, gostam de fazer caridade dando migalhas de esmola. Por isso entendo que esse tipo de ajuda tem como objetivo a perpetuação da pobreza.

 

Esse plano acionado por um movimento que perpetua a miséria, infelizmente é necessário enquanto os governantes não adotarem o plano dos-- excluídos; renda zero, desempregados, .já publicado nos meus blogs e na consulta aos cidadãos europeus e debate Europa.
 

Sem a ajuda –migalhas- já teriam morrido os escravos pobres, ou teria sido deflagrada a latente convulsão social que vai envolver todas as classes e associações que escondem os centros administrativos dos inimigos da divisão da renda. É lamentável a impossibilidade de dispensar essa ajuda!

Os idiotas vêem os miseráveis como humanos inferiores porque, certamente, sem eles não podem sentir-se superiores. A igualdade, para eles, representa perda da superioridade que não pode existir sem escravos.

 

O SENHOR UNIVERSO: SENHOR DE SI. MESMO E DE TUDO QUE NELE CRIOU: em ato contínuo criou, á sua semelhança os seres humanos, para honrá-los com o título de colaboradores no gerenciamento do Universo; todos que passarem no teste

Isto não é uma afirmação, mas soa como verdade para mim e talvez para a maioria.

 

O CRIADOR deu-nos uma Mente autônoma dotada de um sensor consciente que irradia luz nos momentos em que temos de escolher entre as promessas Divinas e o que nos é oferecido pelo maligno.

 

Nem só de pão vive o homem disse Jesus! Então não troque as promessas divinas por todos os reinos do mundo e prazeres momentâneos que o maligno pode lhe dar. . .. . .

 

Muita gente morreu em 2009, vitimada por desastre naturais; sendo os mais freqüentes causados por inundações, e também, no que se refere a desastres causados por defeitos técnicos nas criações da engenharia humana; é assustador o mal mostrado pelos números tanto do lado natural como do artificial..

 

Mas o numero de vítimas e prejuízos materiais ainda é muito baixos se comparados com prejuízos que vão acontecer em 2010,/11/ e 12.: 2012 pode ser o fim do sistema ´

 

O numero de salários desemprego negados aos excluídos, renda zero desempregados, é a causa de morte de centenas de milhares por desnutrição em cada ano;

 

As guerras entre facções do crime organizado e contra a policia mais as vítimas do terrorismo estão longe de atingir o número de vitimas mortais e prejuízos causadas pelos salários negados,

 

Todos os prejuízos e mortes causados por desastres naturais (violência natural) somados para comparação, são pouquíssimo (menos de 10% dos causados pela má distribuição da renda).

 

Fisicamente somos filhos da Terra e do Sol. A nossa composição física é feita de elementos da Terra e a energia que nos move vem do Sol.: Os demais DONS e GRAÇAS assim como tudo que vemos é Criação do DEUS UNINERSO e de SI MESMO. Por isso eu penso que tudo é interligado e portanto uno, para facilitar o entendimento. Temos que aprender a usar a comunicação universal!

 

A nossa mãe Terra é inteligente; tem sentimentos, raciocina. e toma decisões dentro do limite que o UNIVERSO lhe concede

 

As tempestades destruidoras de bens e vidas; o efeito estufa e envenenamento do sistema hidrográfico e atmosférico são causas do que fazemos fora do nosso raio de ação que é limitado pela capacidade de resistência de tudo que está sujeito ao nosso poder.

Enquanto existirem subnutridos, vítimas do mau gerenciamento dos governos e legisladores partidários; políticos atuantes em departamentos influentes e os demais poderosos, gananciosos e egoístas (governo paralelo) que controla os operadores do caixa dois nos paraísos fiscais e os boateiros nas bolsas de valores mais o descaso da O N U, que aceita as decisão do g20 sem análise profunda da assembléia geral, nada se resolve

 

Com base no que expus acima posso afirmar que, a Mãe Terra vai-nos castigando com suaves terremotos, tempestades e pequenos desajustes climáticos. É pouco! Mas será demais quando ultrapassamos os limites da sua resistência,

 

Disse pequenos castigos, porque por enquanto acho que são avisos,; apenas
avisos porque, nos meus cálculos vi que o revide da mãe Terra é insignificante em relação aos danos causados, a ELA e seus filhos excluídos, pelos trapaceiros, trapalhões, vigaristas – os corruptos- camuflados ns instituições citadas.

 

O primeiro paço para tranqüilizar a Mãe Terra e confundir os corruptos depende da ONU aceitar o plano dos excluídos para análise política e possível aplicação global depois revista por um júri de matemáticos.

 

O plano mostra as soluções capazes de zerar a fome e o déficit de moradias;: tudo dentro da globalização do seguro social. Afinal, a paz e tranqüilidade, dependem somente de um salário que garanta o suprimento das necessidades do cidadão e seus dependentes menores.

Bernardo Lopes da Rocha Blogs: http://lopesdarocha.blogs.sapo.pt..;. blriopaiva e berlopes

 

 

sinto-me: confiante e seguro
música: classica
publicado por blopesdarocha às 12:51
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Reforçando o combate à co...

. Espaço Sideral

. Confissões, Broncas e Des...

. Natal de famintos e empan...

. PIB isquêmico

. Plano de Lula para zerar ...

. A solução para a crise po...

. Criticar sem sugerir (mes...

. O euro veio para ficar e ...

. O euro veio para ficar

.arquivos

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Agosto 2015

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Junho 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Novembro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds